6 de novembro de 2010

O voo da alegria

Deviantart/: ~icyblush 

Uma borboleta pousou no corrimão bem ao meu alcance. Prendi-a pelas asas mas tremeu tanto que soltei-a. Saiu voando buleversada como se tivesse ficado cem anos presa. Nos meus dedos, o pó prateado. Tão breve tudo. Prendi assim a alegria, ainda há pouco foi minha mas se debateu tanto que abri os dedos antes que se ferisse, não se pode forçar. Um pouco mais que se aperte e não fica só o pó, mas a alma. Entro na minha concha.

Lygia Fagundes Telles

As meninas



22 comentários:

Gisa disse...

Lindas figuras, borboletas e alegrias não devem ser presas sob pena de fenecer.
Lygia Fagundes Telles é sempre uma ótima escolha.
Um bj.

Isadora disse...

Linda imagem casada com esse trecho do livro. Se prendermos demais qualquer coisa, aprisionaremos uma alma!
Um beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

Fez bem em deixá-la seguir seu voô.

Bom domingo pra vc amiga.

beijooo.

Sonhadora disse...

Minha querida

Adorei o poema leve como uma brisa...é bom deixar a alma voar.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Braulio Pereira disse...

voamos alma ao vento
doce momento
nosso voar


beijo!!

todosossentidos disse...

Breves e intensas coisas.
Sensações únicas.
Bom passar aqui novamente.
Grande beijo

Neo

Herberth disse...

Linda foto e uma boa leveza nos textos...

Hanukká disse...

mantenha a alma de borboleta, livre e com desejo de voar.... linda seja tua semana, beijinhos.





No dia da minha angústia busquei ao SENHOR; a minha mão se estendeu de noite, e não cessava; a minha alma recusava ser consolada. Salmos 77:

UIFPW08 disse...

L'amicizia che mi regali fa di un tramonto sempre un sogno.
Beijos meus,
Maurizio

Cristiane disse...

Lindo texto. Tudo aquilo que prendemos demais, acaba virando pó ( sem vida, sem alma).Bom domingo.:))

Insana disse...

Uma linda borboleta livre.

bjs
Insana

M. disse...

Gosto de poesia...tens aqui muita...e bonita. E alguma portuguesa...lol

Não gosto de todas...ainda bem!

Lis. disse...

Bom dia Inês...

Eu tenho um amigo do tempo do ginásio que hoje é dono de uma agência de publicidade, e nessa agência existe um departamento de criatividade composto de 4 pessoas que sempre estão "trabalhando" nos cinemas, comendo nos Mc Donalds da vida, passeando nos parques, etc.

E o mais interessante, é que essa função tem uma explicação, pois a principal característica da criatividade é ser LIVRE.

Tanto que até lembrei de um texto que li pela internet (e não sei se você conhece) sobre um casal que se amava muito e foram procurar um conselheiro em sua tribo.

Conta-se uma lenda dos índios Sioux que, certa vez, o casal de jovens índios Touro Bravo e Nuvem Azul chegaram de mãos dadas à tenda do velho cacique da tribo e pediram: - Nós nos amamos e vamos nos casar. Mas, nos amamos tanto que queremos um conselho que nos garanta ficar sempre juntos, que nos assegure estar um ao lado do outro até a morte, que nunca sejamos decepcionados, que nunca tenhamos nenhum desentendimento. Há algo que possamos fazer? E o velho, emocionado ao vê-los tão jovens, tão apaixonados e tão ansiosos por uma palavra, disse-lhes:

Há uma coisa a fazer, mas é uma tarefa muito difícil e sacrificada. Tu, Nuvem Azul, deves escalar o monte ao norte da aldeia apenas com uma rede, caçar o falcão mais vigoroso e trazê-lo aqui, com vida, até o terceiro dia depois da lua cheia. E tu, Touro Bravo, deves escalar a montanha do trono; lá em cima, encontrarás a mais brava de todas as águias. Somente com uma rede deverás apanhá-la, trazendo-a para mim viva! Os jovens abraçaram-se com ternura e logo partiram para cumprir a missão. No dia estabelecido, na frente da tenda do feiticeiro, os dois esperavam com as aves. O velho tirou-as dos sacos e constatou que eram verdadeiramente formosos exemplares dos animais que ele tinha pedido. - E agora, o que faremos? Os jovens perguntaram. - Peguem as aves e amarrem uma à outra pelos pés com essas fitas de couro. Quando estiverem amarradas, soltem-nas para que voem livres. Eles fizeram o que lhes foi ordenado e soltaram os pássaros. A águia e o falcão tentaram voar, mas conseguiram apenas saltar pelo terreno. Minutos depois, irritadas pela impossibilidade do vôo, as aves arremessaram-se uma contra a outra, bicando-se até se machucar. Então o velho disse: Jamais esqueçam o que estão vendo, esse é o meu conselho. Vocês são como a águia e o falcão. Se estiverem amarrados um ao outro, ainda que por amor, não só viverão arrastando-se como também, cedo ou tarde, começarão a machucar um ao outro. Se quiserem que o amor entre vocês perdure, voem juntos, mas jamais amarrados.

Libere a pessoa que você ama para ela possa voar com as próprias asas. Essa é uma verdade no casamento e também nas relações familiares, de amizade e profissionais. Respeite o direito das pessoas de voar rumo ao sonho delas. A lição principal é saber que somente as pessoas livres serão capazes de amá-lo como você quer e merece. Respeite também as suas vontades e voe em direção às realizações da sua vida. Tenho certeza de que, ao ser livre, você encontrará pessoas felizes que terão prazer de voar ao seu lado.

ps. Houve sábado passado o encontro das meninas dentro do Paço Imperial na Praça XV, no Rio de Janeiro, e eu infelizmente não pude ir, por ainda estar atrasado com certas procurações que preciso levar junto comigo. É bem certo que só estarei nas "praias" cariocas semana que vem.

Até...

Boa semana à ti Inês.

Xana disse...

Deixar voar é crescer, principalmente nós!

beijinho

Pelos caminhos da vida. disse...

Inês!


Começe essa semana fazendo uma limpeza!
Varra de seu coração:
a tristeza, a angústia, a aflição,

Varra de sua vida:
a inveja, a maledicência, a fofoca

Varra do seu corpo:
a preguiça, o tédio, os maus pensamentos

Varra de seu caminho:
o mau olhado, o mau agouro, o mau pressentimento

Deixe fluir a alegria de sua alma
Trabalhe seu corpo para o bem

Agradeça por seu trabalho
e acima de tudo
começe sua semana com
FELICIDADE no coração

Se você procura um trabalho
agradeça pela nova oportunidade
que você tem de procurar um trabalho,
mais uma chance de encontrá-lo

Pois novos horizontes se aproximam
novas alegrias irão chegar
e seu coração
estará pronto pare receber tudo isso.

Desejo a você, uma linda semana!

(Autor Desconhecido).

beijooo.

Marinha disse...

Lindo!!!
Gostei muito do blog!
Bj

OutrosEncantos disse...

na verdade, só em liberdade será possivel estar sempre junto, não se prescindindo, sempre amando, sempre alegres, e quando preciso for no sofrimento do outro também

beijos

Iana disse...

"Um pouco mais que se aperte e não fica só o pó, mas a alma.Entro na minha concha."

Linda e doce amiga...

Que delicadeza ao escolher tão lindo poema... tens uma alma incrivel!
sensível menina!

Beijos da rosa amiga que deixa flores para ti com carinho
Iana!!!

todosossentidos disse...

Passando pra rever.
Boa semana..

Neo

F@bio Roch@ disse...

Olá,

Obrigado pela visita!!...gostei de tudo o q vi por aqui, já estou te seguindo!!

"A amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente ciosos da felicidade um do outro."
(Platão)

UM FORTE ABRAÇO...

Duarte disse...

Percepção na sensibilidade, quanta ternura!

Este verão, uma borboleta que ia de flor em flor era tão imensa, que aproximei-me para a poder fotografar e ela deixou-se querer, as asas estavam ligeiramente cortadas e o seu voo e movimentos eram lentos... Mas tenho-a comigo: bem fotografada.

Um chi coração e uma meiguice

Thiago Ya'agob disse...

Não sei o que escrever, minha amiga Inês. Escrevo apenas: Meus olhos choraram com esse poema - minha alma chorou.