19 de outubro de 2011

Todo o sal do mar no meu peito


Deviantart/JDMFCharlie


....Os muros.
....Todos os muros.
....Um só muro.
....E toda a sede.
....E todo o sal do mar no peito.
...Albano Martins 
...... .Assim São As Algas
Ah, todo o cais é uma.....
saudade de pedra!...........
.......

Álvaro de Campos.........
Ode Marítima.........





17 comentários:

A.S. disse...

Palavras sedentas de sal e mar!


Beijos!

AL

Cleber Eldridge disse...

Simples e intenso!

Thiago Ya'agob disse...

Inês, minha amiga, que junção de imagem e texto (!) Muito bom. Fiquei aqui pensando na prisão que os sentimentos podem ocasionar.

Estou terminando meu projeto de literatura e descobri uma escritora caboverdiana - Orlanda Amarílis. Veja essa frase dela:

"A memória remexe teimosamente nas lembranças de esquecer."

Perfeito, não é mesmo?

Agora... quanto ao sal. Quão significativo pode ser. Esse poema de Albano Martins se desdobrou dentro de mim. Remexeu minhas lembranças, teimosamente.

O sal cura.
O sal dá gosto.
O sal dá (mais)sede.

...

Como é bom receber de suas águas. Suas letras me confortam. É bom saber que o que escrevo, embora simples, te alegra. Te tenho como preciosa, minha amiga.

Com paz.

Valquíria disse...

Conheço esse mar...tem suas profundezas.bjos

AMIGOS SÃO ESTRADAS!



Certos amigos são indispensáveis,

Normal simples como aquela estradinha de terra no interior,
onde do alto da colina podemos avistá-la inteirinha,
sabemos onde podemos ir e onde podemos chegar,
são transparentes e confiáveis.



Outros, acabaram de chegar,
como estradas que só conhecemos pelo Guia,
e vamos nos aventurando

sem saber muito bem seus limites,
é um caminho
desconhecido,
mas que sempre vale a pena trilhar.

UIFPW08 disse...

Vou fazer com as palavras do coração, eu vou fazê-lo como eu sempre disse que a amizade que nos une longe o suficiente para continuar amigos para a vida.
Querida Ines, porque você não pode deixar um comentário .. grrrr ...
você pode apenas escrever me um e-mail ..
como meus sonhos perto do seu ..
Beijos meus
M.

cidinha disse...

olá, Inês. Estou aqui, para agradecer o carinho da sua visita que me deixa feliz. Obrigada amiga! Esse seu cantinho é delicado, inspirador e lindo. O mar me fascina com suas ondas envolventes, conchas coloridas e toda sua força e mistério. Belos versos! Estarei sempre por aqui. Bjos e todo meu carinho!

Dil Santos disse...

Inês minha linda, vc tá bem?
Senti uma vontade de te abraçar agora. Sabe aqueles abraços fortes, cheios de carinho, que damos naquelas pessoas que a gente adora? É um desses que quero te dar agora, rsrs.
Ai eu queria estar mais inspirado, mas nos últimos tempos ando meio apagado, sei lá, rs. Tô precisando de um sopro bem forte, kkkkkkkk
Manda e-mail as vezes né menina? rs
Se cuida heim?
Tu sabe q te adoro muitão né?
Bjão

dilsantos@rocketmail.com

On The Rocks. disse...

olá,

vi a foto do post minhas cores, meu colírio e aproveito para parabenizar esta bela família.

bj

AlianÇa com a alma disse...

boa noite
obrigado pela sua visita e nao ha o que se desculpar suas palavras compensam a demora hehe
volte sempre pois sempre que possivel quero estar aqui
abracos Felipe

Moisés Augusto Gonçalves disse...

Belíssimo!

Baby disse...

Vir aqui ler-te é matar a sede num mar salgado onde as algas sabem a saudade.

Tanta beleza faz doer, mas é uma dor que alimenta.

Beijos, minha querida.

Poesias Partidas disse...

Muito lindo. Vim agradecer a tua visita ao Poesias Partidas e pelas palavras tão belas. Um poetico abraço para você.

Marcos

luadecristal disse...

o sal ainda que do mar pode temperar um pouco da vida
bjs

Sonhadora disse...

Minha querida

Dois poemas com a profundidade do mar e o remanso da águas.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

quanto pesa o vento? disse...

que lin-do!!
obrigado pela partilha.
abraço.

Magna Santos disse...

Eita, pescadora, sinceramente, há vezes que não sei o que comentar. Simplesmente, fico muda, como agora.
Beijos.
Magna

Duarte disse...

... que o Oceano lambe na maré cheia...

Abraços de vida