9 de março de 2012

Ilusão

 
Flickr

O outono o que é para mim o outono?
O outono é a suspeita de que tudo acaba
de que a exaltação do verão é uma ilusão.

Ruy Belo

Meditação Anciã/Todos os Poemas Vol.III


Janeiro dói nos olhos
como areia
e tu e eu estamos para sempre
sentados às escuras
no Verão.

Rui Pires Cabral
Escuro

 

15 comentários:

Gisa disse...

Estações e vida que nasce e se renova.
Um grande bj querida amiga

Aníbal Raposo disse...

Bela escolha dos dois poemas.
Beijo

Lis. disse...

É ruim sentir quando a manifestação da natureza se reproduz dentro da gente. Sentir que o externo/interno se repete junto com o nosso sentir temporal, fora do eterno. Ruim ter-se consciencia de que todos os verões são iguais em alegrias e culminam em outonos.

Nós, esses seres mortais das visões eternas sofremos diante das nossas próprias impotências intelectuais. Por mais detestável que seja amaldiçoamos o universo que conspira incondicionalmente contra nós.

E como já dizia Shakesperare:
"Ser ou não sereins a questão".

Saudades de ti Inês.

Beijo Lis.

Sonhadora disse...

Minha querida

Real constatação da nossa finítude...lindo como sempre as tuas escolhas.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Dil Santos disse...

Inês minha linda, vc tá bem?
Eu sempre gostei do Outono, mais do Inverno, mas tudo bem, rsrs.
A solidão que nos escolhemos passar por um período é ótima, nos ajuda muito a nos encontrarmos, mas as vezes deixamos ela durar demais e acaba nos fazendo mal né? rs
Tava com saudade de tu menina. Desculpa a demora, ando numa correria daquelas, tô com uns projetos e tal aí tá me ocupando maior tempo, rsrs.
Bjão menina

Cidinha disse...

Olá, Inês. Lindo post! As estações estão sempre passando e muitas surpresas virão. Bjos carinhosos! òtima semana.

UIFPW08 disse...

O resto vai cair entre meus sonhos e vê-lo feliz noiva adornada com flores da primavera e do amor ..
não me acordar de você
Beijos meus
Morris

Secreta disse...

Gostei dos dois poemas. Uma excelente forma de confessar os nossos sentires, entre as estações do tempo...e da vida!
Beijito.

Mar Arável disse...

... entretanto...

os pássaros cantam

em todas as estações

Duarte disse...

MEDITANDO

Gosto do voar das andorinhas
E a fluência de cores outonais.
Recordo de correrias minhas...
Por caminhos e pinheirais.
Naqueles campos de Quires
Amarelos na Primavera,
E grilos de alegres cantares!
Vem o Outono, tudo altera;
Sol ao rubro, e folhas no chão,
Melancolia, nesta bela transição!

Abraços de Outono

Cores da Vida... disse...

Oi Inês,
Adoro todas as estações; mudamos com elas...
Beijos,
Ana Lúcia (Cores da Vida...)

untouchedmilk. disse...

Inês, que lindo seu post... Alias como sempre né? Tava sentindo uma falto enorme de vim aqui, mas tava sem tempo demais. Beijão =*

Thiago Cavalcante disse...

Do Outono...

Outro dia senti frio na alma. Foi no Holland Park, pisando num enorme tapete de folhas douradas. Aí senti o outono, o cinzento se acentuando nas coisas, as pessoas se virando para dentro — o inverno chegando depressa, um frio de rachar. Na alma mesmo.

Caio Fernando Abreu,
Cartas (A Vera Antoun)

Magna Santos disse...

Ah, Inês, nesse tempo que estive ausente de alguns blogs tão queridos, como o teu, volto e me deparo com esta 'ilusão'. Como sempre, pescadora, tens mantido tens mantido o sortimento repleto de belezuras.
E eu aqui fico, entre o 'giz' de Renato a ilusão que ora leio. Acabei me lembrando de uma "explicação" do outono colhida na internet: "É no outono que ocorrem as grandes colheitas, visto que as frutas já estão bastante maduras e começam a cair no chão".
Beijão!
Magna

paranoiasnfm disse...

Cada estação com o seu encanto...
O Outono é lindo!