27 de novembro de 2009

Apenas cacos















há dias em que é impossível
transformar a dor em beleza.
fazer dela mosaicos coloridos.

há dias em que cacos são apenas cacos.


Eduardo Baszczyn
Coisas da Gaveta


Google Imagens
(desconheço a autoria)



32 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Sonhe, apesar das desilusões.
Caminhe, apesar dos obstáculos.
Lute, apesar das barreiras.
Ame a vida e acredite,
acima de tudo,
nas possibilidades.
Seja muito feliz!

Fim de semana iluminado amiga.

beijooo.

Cor de Rosa e Carvão disse...

hummm. sinto muito queridona. bjo no coração

Everton Rocha disse...

Para mim é tão sensitivo imaginar a dor sendo metamorfoseada em beleza. E às vezes até mais que sensitivo, o importante é a palavra tão instigante do Eduardo e que de tão parecido com nós mesmos, comigo, escreve tanto a gente, eu.

UIFPW08 disse...

Há dias em que o sol esconde lacrine entre os seus raios de luz
Há dias, quando executado após noites unutili sem ver nada bonito

saudade de ti
beijo
Maurizio

Chris disse...

Acabamos sempre por reencontrar o sentido dos cacos partidos...
Um beijo
Chris

Nanda Assis disse...

e como todos os bons cacos, acabam nos cortando e nos ferindo.

bjosss...

Barbara disse...

Juntá-los para um mosaico é possível mas apenas depois de olhá-los muito.
Até que venha a descoberta do que se pode criar com eles - nem que seja juntar a todos num vidro transparente- o que já vai prenunciar beleza pós dor.
Existe isso.

Whispers disse...

Querida.
Junta-los e fazer uma obra de arte ate que pode ser.
so que cacos serao sempre pedacos que jamais se podem juntar e ficar sem as feridas a se ver.
Desejo que teu fim de semana seja de sonhos
Mil beijos
Rachel

Sonia Schmorantz disse...

Talvez seja impossível fazer um mosaico, mas caquinhos coloridos no chão também fazem uma bonita imagem...
beijos, bom final de semana, com mais alegrias!

Caroline. disse...

Complicado... mais vc supera.
Beijão =*

Shakti disse...

Nada mais certo !!!

bj

Avid disse...

Nem mais...
Bjs meus

paula barros disse...

É mesmo!!!

Bom é quando podemos fazer um belo mosaico, mas realmente tem dias que nos é impossível.

beijo

mar salgado disse...

Um abraço

On The Rocks disse...

inês,

mas tem dias que a beleza reina absoluta e aí fica tudo lindo.

como agora neste momento que vivencio.

um beijo no queixo,

tarcísio.

neli araujo disse...

Ines querida,

Sinto muito por tudo o que está passando, linda!

Já sentí estes dias em que cacos são sómente cacos...

aceita meu carinho amigo,

Neli

Martinha disse...

Como te entendo Inês. Ontem estive num dia assim... Mas o importante é não desanimar. Um dia não são dias! ;)
Beijinho *

Duarte disse...

Ontem tive um dia desses... quase tudo saiu mal!

Recebe todo o meu afecto num forte abraço

sonho disse...

Mesmo de um monte de cacos sem sentido...podem sair obras perfeitas...TENTA:)
Beijo de um anjo

Juliana Paez disse...

A dor nos ajuda a crescer, mas só quem sente sabe o tamanho esforço que é aprender com ela.

Bjos no coração,

Ju

Caroline. disse...

Inês, passei sim sahasuashasu fiquei sabendo ontem e quase tive um treco...
Bom, agora seja o que Deus quiser rs
Beijão =*

O Profeta disse...

Porque será que os pássaros
Cantam na partida do dia
Porque será que um amante ausente
Fica de alma apertada, vazia?

Porque será que as ondas lamentam
Em sussuros de sal no areal
Porque será que as rezas são feitas
Para correr para o longe o perverso mal?


Boa semana


Doce beijo

Maicom disse...

...E há dias em que os cacos, sobrenaturalmente, transformam-se em forças inenarráveis!

Bjão.

Dil Santos disse...

Oi Inês, saudadede vc.
Tudo bem ctg?
Realmente, tem dias que não há cacos certos para transformarmos em mosaicos, rsrs.
Que bom q gosto e obrigado pelos votos, rs

Bjos querida, fique bem.
:)

~pi disse...

puzzles de

névoa

cristalina,






~

Daniel Hiver disse...

E por falar em cacos, muitas vezes os nossos pedaços estão por tudo. No que varremos para baixo do tapete. Na persiana que recolhemos. No blackout que ajustamos para o quarto e nós mesmos nos encondermos dentro da escuridão.
As vezes os nossos cacos tem um eco estranho quando escrevemos alguma coisa óbvia e alguém lê.
Então os nossos cacos um dia voltam ao pó e abrimos de novo um sorriso.
Tudo em nós volta a acreditar em novas oportunidades.
Quem será aquela lá no fim do corredor?

Daniel Hiver disse...

O poema é um arbusto que não cessa de crescer na mente de quem lê e tenta entender.

im disse...

Mas existem dias em que cacos são também vidrinhos coloridos em momentos felizes!!!

Beijos

Marina disse...

Tem dias em que os cacos somos nós mesmos. Não tem como juntar tudo assim. Lindo texto, Inês.

Luiz Caio disse...

Oi Inês! Como vai?

Não há verdade mais absoluta!...
Há dias em que o melhor mesmo, seria nem sair da cama!

TENHA UMA LINDA TARDE!

Beijos.

entremares disse...

Hoje... sinto bem o que significa essa imagem e o que significam essas palavras.

Acontece-nos a todos.

Tudo de bom para ti
Rolando

Thiago Cavalcante disse...

Adélia Prado escreveu que, cito de cor com interferências, "Há dias que Deus me tira a poesia. Eu olho pedra e vejo pedra mesmo."

Amo ler seu blog, minha amiga. Estou aqui, dando uma conferida nas suas postagens antigas. Tão atuais.