9 de abril de 2010

Pedaços


Estou estilhaçada
silêncios saem da boca
mansos
estava desenhando

palavras
perdi o jeito de amanhecer

tenho tantos pedaços que sou
quase infinita


Vera Lúcia Oliveira

Geografie d’Ombra. Veneza: Fonèma, 1989




Os sentimentos, em especial aqueles que doem, são como um jogo de
quebra-cabeça.
Há peças que, por alguma razão, sofrem algum tipo de dano em suas formas, porém voltam a se encaixar no jogo. Há outras, porém, que sofrem uma avaria tão significativa que, mesmo após inúmeras tentativas a fim de moldá-las e/ou restaurá-las, não mais conseguem se ajustar ao espaço que lhes fora destinado. Sempre haverá uma fresta.
O sentimento de perda se equipara a uma dessas peças avariadas, ou seja, continua fazendo parte do jogo, porém a evidência pelos danos sofridos ficará marcada, para sempre, pelos espaços vazios.




Oferecido pelo Ely

do blog Bobeiras em Geral






57 comentários:

Andrea Galvez disse...

Oi Inês!

Lindo, simplesmente um quebra cabeça de sentimentos.Estilhaços que muitas vezes só damos conta quando em pequeninos pedaços...

Estive um tempo assim...

Bjo querida! ótima semana pra ti*

UIFPW08 disse...

Para que você sempre pode escrever suas palavras em História
Eu continuo a ler cada momento em seus olhos.
Para você que escrevo para o amor infinito
e surpreendeu o mundo para pará-lo agora
Beijos meus
Morris

A.S. disse...

Querida Inês...

Não tentes recuperar os estilhaços. Esquece refazer o "Puzlle".
Por cada particula dispersa abre-se um novo horizonte!

BeijOOO
AL

Lis. disse...

Inês:

Independentemente das coisas boas que desejamos viver há também em contra partida, muitas coisas ruins. Acho que tudo é válido, mas tem uma coisa que na minha opinião deve ser a pior delas. É quando um coração ansioso de liberdade não encontra ninho para aconchegar-se, pousar. Certamente que há alguma coisa errada... Bom insight!

Bjo.

Luiz Caio disse...

Oi Inês, boa noite!

Há coisas que, assim como cristal, quando se rompe não tem mais jeito!
A confiança, por exemplo, é algo que jamais deve ser posta em jogo pois, uma vez perdida, pode-se até fazer uma nova tentativa mas, na realidade ela nunca mais será a mesma! A confiança é o melhor exemplo, já que ela é necessária em qualquer forma,de uma boa relação... A confiança e o respeito! Mas, o respeito, se houver boa vontade ainda é possível se recuperar!

BONITAS PALAVRAS... AS DELA!
LINDAS PALAVRAS... AS SUAS!

TENHA UM LINDO FINAL DE SEMANA!

Beijos

Pelos caminhos da vida. disse...

A amizade é como um navio no horizonte.
Nós o vemos, cortando contra o céu,
e em seguida ele avança,
desaparece de vista,
mas isto não significa que não continuará.
Essa amizade é linear.
Ela se move em todas as direções,
nos ensinando sobre nós mesmos
e sobre cada um de nós.
É por isso que no transcurso de fortes amizades,
estaremos presentes um para o outro,
mesmo que, nem sempre,
estejamos visíveis.

( Shirley Maclane ).

Obrigada pela sua.

Fim de semana de luz.

beijooo.

poeta do inverno. disse...

se es mesmo infinita, então permita que o silencio junte o que restou de ti.

Nanda Assis disse...

gosto muito daqui, adoro ler aqui.

bjosss...

Hod disse...

Imagem e texto simbioticamente únicos.

Vc está bem?
Triste o que acontece com Niterói...

Beijo pra vc com muitas bençãos.

Hod.

Lis. disse...

Até pode existir diferença entre pessoas, mas jamais quando há um bem maior a ser conquistado.

Quando alguém se determina a encontrar a verdade faz -sem dúvida- a maravilhosa experiência da liberdade.

"Conhecereis a verdade,
e a verdade vos libertará".
(Jo 8,32).

Bom fim de semana Inês.

sonho disse...

O que foi...não voltará a ser...depois de partido...a forma até pode ser a mesma...mas...nunca será igual...
Beijo d'anjo

Rosinha disse...

Pra vc...

“As portas sempre serão destrancadas. Como feitas para não permanecerem trancadas. Erros que um dia não poderão ser consertados. Uma guerra que se luta, e assim poder vencer. Canções que não serão cantadas. Um Deus confiável, pessoas idênticas com pecados perdoáveis. As verdades são indiscutiveis, é sempre noite quando o dia termina. Como também, sempre poderei destruir minhas, emoções. Você deseja nascer novamente? Apenas por um minuto?. (feito de riquezas mortas)

xero de rosa.

Duarte disse...

Existe outra opção, que consiste em mudar de rumo e seguir a senda da felicidade, donde tudo encaixe è perfeição, então, o passado passa a um plano secundário, ao olvido.

Desejo-te o melhor...

Recebe todo o meu afecto num forte abraço... e uma meiguice

Juliana Mendes disse...

Que lindo...

está em tantos pedaços e ser infinita...
mas isso, não acontece no real..
tantos pedaços ... esquecemos deles, esnobamos eles...
quando nos quebramos só queremos esquecer,...
e os pedaços de personalidade, quando mudamos deixamos pra tras, quem fomos, tantas escolhas, !!!
:S
complexo...

Pelos caminhos da vida. disse...

Para você amigo de Internet

Nós temos sentado dia pós dia,
compartilhando nossas vidas, nossos sonhos, nossos medos, nossos erros.
Continua me assustando como você
que um dia foi um estranho, tenha se transformado em um de meus mais
querido e estimado amigo.
Você é tão importante para mim como qualquer de meus amigos pessoais,
minha família ou vizinhos.
Você me faz sorrir,
quando compartilha suas brincadeiras.
Me faz rir quando conta suas histórias.
Me faz sentir sozinh@ quando se vai.
Você esta em meus pensamentos cada dia.
Para você...meu melhor amig@ da web!
Te Adoro!!!
Fique aqui onde eu possa te ver, te falar, compartilhar com você, suas brincadeiras, seu sorriso, seus sentimentos...
Obrigado por ser meu
amig@ de Internet!

(texto da net).

Uma semana de muita saúde, paz, amor e gdes realizações.

Beijooo.

notlin disse...

Todas as vezes que venho aqui encontro coisas e letras, letras e coisas mais e mais lindas;

bjos

Monilis disse...

Faz tempo que não venho por aqui, encontrar suas citações tão bonitas.
Eu tenho a seguinte opinião: Já que está em pedaços que seja para ser feito um lindo mosaico. :)

Beijos

me, myself and I disse...

Olá, Inês!
Todos temos os nossos espaços vazios. Há que aprender é a viver com eles...

um beijo
obrigado pelas visitas ao meu cantinho

Baby disse...

Lindíssimo o poema , profundamente sentido.
As tuas palavras encerram uma grande verdade. Os sentimentos, quando feitos em pedaços, recuperam-se por vezes,mas nunca mais serão os mesmos, na forma ou no conteúdo.
Temos que saber lidar com o facto e concluir que por vezes já não vale a pena reunir os pedacinhos,
que de tão fragilizados, facilmente serão motivo de novo sofrimento.

Beijinho.

Luiz Caio disse...

Oi Inês, Como vai?

O carinho que recebemos é sinal de que estamos semeando a semente certa... Meu carinho também à ti!

Beijos

Secreta disse...

Estilhaços que se espalham pela vida, infinitamente.

Thiago Ya'agob disse...

Bom dia, Inês!

Pedaços.

Clarice no livro ‘A paixão segundo G.H’. fala muito sobre essas formas que podem se juntar ou se manter incompletas, frestas. Oferto dois fragmentos desse livro aqui:

¹“É que apesar de já ter entrado no quarto, eu parecia ter entrado em nada. Mesmo dentro dele, eu continuava de algum modo do lado de fora. Como se ele não tivesse bastante profundidade para me caber e deixasse pedaços meus no corredor, na maior repulsão de que eu já fora vítima: eu não cabia.” (...) ²“Sou cada pedaço infernal de mim – a vida em mim é tão insistente que se me partirem, como a uma lagartixa, os pedaços continuarão estremecendo e se mexendo”

E eu, no meu útlimo post, ‘Até Aqui’, escrevi sobre pedaços que não se completam mais. E reconheço isso não sem dor.

Tenha uma linda semana, Inês. É bom. Como é bom ler-te aqui e lá nas outras margens: Debaixo das Asas.

Liz disse...

não poderei comentar este texto, por muito sentir o seu conteúdo.

Um beijo amada Inês!

neli araujo disse...

Oi, Inês querida!

Que belo poema da Vera Lúcia, carregado de significado para mim!

Gostei mais ainda da sua explicação, linda!

Já catei meus caquinhos por diversas vezes, amiga!
E ainda que as peças já não se encaixem tão bem, continuo montando o "meu" quebra-cabeças. E posso dizer que êle é lindo!

Assim como o seu também deve ser, amiga!

beijo carinhoso,
Neli

Eu sei que vou te amar disse...

Minha bela Inês!
Somos estilhaços de vidros partidos, e com eles aprendemos a seguir caminho, deixando para tras o ruim e nao repetindo os mesmos erros!
Um beijo carinhoso

Liz disse...

Ah, a praia fica em Pelotas, é a Praia do Laranjal, é uma praia de água doce, na Laguna dos Patos. Os tons do céu no amanhecer e anoitecer, as noites de lua cheia... tornam este lugar ainda mais encantador.

Bjo

Liz disse...

Ah, a praia fica em Pelotas, é a Praia do Laranjal, é uma praia de água doce, na Laguna dos Patos. Os tons do céu no amanhecer e anoitecer, as noites de lua cheia... tornam este lugar ainda mais encantador.

Bjo

Pelos caminhos da vida. disse...

Olhe o infinito…

O céu azul, o mistério da natureza que nos dá todas as alegrias do mundo…
Visite: Mensagens, Papel de Parede, Videos Bom dia!
é a palavra mágica que faltava nesta manhã, e vem expressar à você,
o maravilhoso amanhecer que lhe desejo, repleto de amor,
prosperidade e paz…
Hoje certamente, tudo dará certo,
o seu caminho será suavizado pela brisa do ar,
que chegará até você de mansinho,
trazendo com ela o aroma das flores, que darão colorido ao seu dia.
Tudo isso Deus coloca ao nosso alcance,
para avaliarmos o magnífico presente de estarmos vivos
e sobretudo podermos dizer:
Bom Dia!!!
Eu gosto muito de você e lhe desejo mil alegrias!!!

(texto da net).

beijooo.

Magna Santos disse...

Belo poema, ótima e linda reflexão sua, Inês. Há um tempo atrás, cerca de 2 anos escrevi algo (Sala de Espera) sobre esses engasgos da vida. Vejo um pouco diferente de você, creio que as perdas ou os sentimentos delas fazem parte da paisagem que o "quebra-cabeça" irá formar. É o que nos constitui, nos faz humanos...com perdas e ganhos, com alegrias e tristezas.
Mais uma vez, muito obrigada pela tua generosidade.
Beijão.
Magna

Caroline. disse...

Inês, que lindooo a imagem o texto tudoo.
Dá pra refletir bastante com esse texto e acho que é o que eu vou fazer...
BEijão =*

Hod disse...

oi Inês mesmo entristecido com os acontecimentos, estou comemorando o 1º Niver do Blog. Menina como passou rápido. E a festa continua com bolo e tudo mais.

E por ser hoje o dia do Beijo deixo pra vc.

Beijãoooo...

Hod

Duarte disse...

Voltei, vim meditar com o que escreves.
Podias encher estes espaço com coisas tuas, tu, que tão bem expressas os sentimentos!

Abraço-te com amizade

Jose Sousa disse...

Gostei do do seu blog. Consulte os meus, divulgue e deixe o seu comentário. www.congulolundo.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com
Bj.

poetaeusou . . . disse...

*
Lindoooooo.
,
na calçada do meu rosto
sinto os sulcos dos meus passos,
,
conchinhas,
,
*

Danielle Macena disse...

Lindo esse teu post...
bjus

Whispers disse...

Querida Inês,
sempre tao bonito teus posts, e imagens que fazem a beleza das palavras ainda serem mais belas.
Mil beijos
Rachel

Multiolhares disse...

O tempo , só o tempo vais encontrar esses pedaços estilhaçados e os saber juntar
beijinhos

Beautiful Stranger disse...

DOR, talvez a parte mais semelhante ao AMOR; não se explica, apenas SENTIMOS...


Beautiful Stranger
strangerbeautiful.blogspot.com

Obtuso disse...

...estilhaçada... quase infinita...
É o imenso dentro de nós a atormentar-nos!

Belo!

Pelos caminhos da vida. disse...

Quer saber porque vc é E-S-P-E-C-I-A-L???

Te espero lá no meu cantinho.

beijooo.

Sonhos e Devaneios disse...

adoro vir ler seus pensamentos ....beijos joao

Jéll C. disse...

Lindo demais. Vivemos sempre em um quebra-cabeça de sentimentos...
;*

Ariana disse...

Perfeito, mto lindo!
Cheio de verdades!


bjo

c.a.r.l.u.s. disse...

Oie...

como sempre... me delicioso com seus posts, com seus poemas

bjos

Gaby Soncini disse...

Que linda reflexão.
Fiquei aqui pensando sobre ela.


Grande Beijo!

Marina disse...

Adorei a figura dos pedaços. Completa o poema. Beijos!!

Primeira Pessoa disse...

inês,
tava coim saudade do seu cantinho. voltei, me abanquei... e me aquietei...rs

não esqueço mais o caminho.

beijão
R.

Primeira Pessoa disse...

inês,
tava coim saudade do seu cantinho. voltei, me abanquei... e me aquietei...rs

não esqueço mais o caminho.

beijão
R.

Thiago Ya'agob disse...

Silêncio por aqui.

...

Tenho orado por ti.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga.

Hoje a minha visita é para agradecer.
Nestes dias que celebro a minha vida,
tenho certeza de que a mesma
não teria o brilho de hoje,
se não fossem os amigos e amigas
que a tornam valiosa
mesmo que distantes.

A ti gostaria de dizer obrigado:
Obrigado pelas visitas ao meu blog.
Obrigado pelas palavras semeadas.
Obrigado por sentir os meus textos
com os olhos do coração.

Sou eternamente grato a vida,
por mais estes presentes
que de modo gentil
deixas em minha vida,
fazendo de mim uma pessoa melhor,
e pleno de felicidade.

Lindos dias de vida para ti.

Insana disse...

Falta palavras para explicar que eu sei perfeitamente o que é isto que você sente...

Bjs
Insana

[ rod ] ® disse...

Sentimento bom mesmo não fica por aí sozinho ou compacto! Junta-se aos piores e quebram-se em pedaços para melhor serem absorvidos... e sempre existirá quem os repudie.

Um bj moça.

José Sousa disse...

Gostei muito do que escreves. Meu Deus, tanto sentimento?! E eu que pensava que estava sozinho no mundo na questão de sentimentos. O sentimento é coisa que faz sentir sofrimento e felicidade. Mas, infelismente, o meu, tem-me levado mais para o lado do sofrimento! Queria encontrar o caminho da felicidade mas não o encontro! Já fiz de tudo e em vão. Va até meus blog's: www.congulolundo.blogspot.com
www.quriaserselvagem.blogspot.com
Um abração

Whispers disse...

Querida,
Passando para te desejar uma feliz semana
Mil beijos
Rachel

Catarina Poeta disse...

Companheira de blog, saiu meu 4° livro, e você pode fazer download em http://www.bookess.com/read/3082-releituras/
Forte abraço!

Secreta disse...

Não é fácil lidar com todos os sentimentos...
Um beijito.

Juliana Lira disse...

É verdade viu? A perda deixa via lácteas na nossa alma, e não se pode querer colocar outra pecinha lá.
A peça que encaixa é a avariada aquela que não podemos mais ter...


Milhões de beijos