20 de abril de 2009

Lembrança
















Em quem pensar, agora, senão em ti?
Tu, que
me esvaziaste de coisas incertas,
e trouxeste a
manhã da minha noite.
...
ensinaste-me
a sermos dois;
e a ser contigo aquilo que sou,
até
sermos um apenas no amor que nos une,

contra a solidão que nos divide.


Nuno Júdice
Pedro, lembrando Inês

Imagem: Gosia Barta

36 comentários:

Tatiana disse...

Que lindo!

Palavras que revelam um coração apaixonado.

Fizeste uma bela escolha...e a postagem ficou maravilhosa!

Tenha uma semana repleta de dádivas.
Deixo um beijo carinhoso

Minho disse...

INESQUECÍVEL AMOR.

Perdoa-me por insistir, e dizer tantas vezes que vou te esquecer.
E volto a te escrever.
Por não cumprir a promessa que te fiz de não mais te procurar.
Sinto-me enganada por este coração...
E percebendo a minha insanidade de achar que suas palavras eram belas
e me caiam como melodia...
Puro engano... Eram palavras ásperas e fúteis...
E mesmo assim volto a te escrever, só para sentir um pouco de você...
Para ver o seu sorriso ao longe, e assim aquietar meu coração de vez.
Mas de você tenho só o silencio que se rompe com o som dos teclados,
depois de passar horas pensando se devo novamente reviver o passado.
Ingrato TU ES! Oh doce criatura, pois a cada encontro tudo que você disse destruiu em um breve momento todo o encanto de harmonia, e meu coração ficou despedaçado.
Não encontro mais aquele jovem de palavras doces... Onde estais? Perdeu-se na ilusão.
Pensas tu oh! Doce criatura que deixaria levar-me pelo pecado da carne? Engana-te, pois meu coração só sabe amar e entregar-se por amor... Seja como for! Perdoa-me por ainda alimentar este inesquecível AMOR.

Ducarmo de Assis

Xana disse...

Muito bonito isso...e se um dia o principe , afinal se descobrir que é um sapo?
será que se ama tanto assim?

eu esta semana tenho uma musica cantada pela Gal costa que sempre que a ouço choro...."contigo aprendi", e por isso escolhi outro arranjo, senão esta semana passava a vida lavada em lágrimas :P

beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
judice
pedro e inês
comprimidos
em dois rios,
que mais posso querer ?
,
rios de carinho, deixo,
,
*

Martinha disse...

Palavras que revelam um amor lindo e verdadeiro. :)
Beijinho Inês *

Duarte disse...

Ternura e paixão na acepção da palavra.
São profundas, chegam até dentro,
entram ao mais profundo, do ser,
sendo um canto ao amor, amando.

Gostei muito...

Pedro e inês, só assim tinha que ser.

Beijo-te com carinho

Larissa Costa disse...

A cada texto um suspiro!!

Lindissimo Ines querida lindissimo

Beijos

Sonia Schmorantz disse...

“Nada há de mais poderoso que uma idéia
Que chegou no tempo certo.”
Victor Hugo

Tenha uma semana maravilhosa.
Abraço

Sônia

Juani disse...

precioso, apasionado ,lleno de amor
me gusto mucho
saluditos

JIME disse...

"A vida não é feita só de lembranças. Ela continua emocionante nas promessas diárias, nos pequenos gestos que fazem a alegria dos que caminham sempre juntos."Beijos com carinho.

Eu disse...

Como é bom amar e ser amada, né??
Beijinhos amiga!

[ rod ] disse...

Quando o dois existe, tudo fica assim... mais fácil. O eterno vive.

Bjs moça,





Novo dogMa:
doreS...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

clanDestino. disse...

Quem será aquele(a) que irá nos ensinar a esquecer?


D.

Ademerson Novais disse...

Poucos textos li e tão bem adorei..."ensinaste-me a ser dois;e a ser contigo aquilo que sou..."um amor é uma coisa que une e separa...que se faz um tendo dois separados....o amor é algo tão poderoso e paradoxial que se limita a atravessar a cabeça de uma agulha assim como se estende por todo o universo....a meu Deus o amor....


Ademerson Novais de Andrade

Andrea B. disse...

Que lindo Inês...Suas escolhas sempre tão maravilhosas...este em especial me tocou profundamente.

Bjos pra ti

Ine^_S disse...

Tão bonitO Inês.....

Lembrança......momentos a serem recordados pelo coração.....



Beijo*

~pi disse...

não esqueço. ponto.

mesmo que. ponto.

nem viva nem morta

) porque não há morte

nem (




beijo,






~

Victor Oliveira Mateus disse...

Nuno Júdice é um dos grandes poetas do amor. Soberba a forma como ele joga aqui com o par união/cisão. Uma boa escolha,Inês.
Um beijo

Rosinha disse...

Lindo

A.S. disse...

Inês,

Belo poema do Júdice!
Verdadeiramente, sinto-te respirar um grande amor...


Beijos...

mdsol disse...

Q. Inês:

Muito bonitas as palavras de Júdice! E a imagem a complementar muito bem! Como sempre elegância, sensibilidade e muito bom gosto! É um prazer visita-la!

beijinhos do lado de cá!

:))

ContorNUS disse...

Lindíssimo
Gostei do que aqui vi...

voltarei (sem reticências)

Tinta Azul disse...

Simples e solene.
Lindo.
:)

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Amor! Impregnado de amor!
Lindo!
beijos querida Inês.

Amiga do Cafa disse...

Pois é...sabe aquela música ; " Eu preciso aprender a ser só...."
É por aí.
Um longo e doce aprendizado.
Beijão !

Thiago Ya'agob disse...

Bom dia, princesa!
Saudades, Inês!


Lindo o texto. Não me apronfundarei porque as entelinhas poderão expor ao sol algumas feridas minhas. E o melhor no meu caso, e esquecer algo que será 'inesquecível'.

Deixo aqui, algo de Clarice:

“Quando comecei a escrever, que desejava eu atingir? Queria escrever alguma coisa que fosse tranqüila e sem modas, alguma coisa como a lembrança de um alto monumento que parece mais alto porque é lembrança. Mas queria, de passagem, ter realmente tocado no monumento. Sinceramente não sei o que simbolizava para mim a palavra monumento. E terminei escrevendo coisas inteiramente diferentes.”

...

Um beijo, Inês. Um beijo.

HOMEM (IN) COMUM disse...

As teorias fazem de ti uma amorosa fonte.
E está bem defronte ao que é só de você.

Lembrando que dois rios nunca se encontam antes de chegarem juntos ao mar que os chama para algo ainda muito maior dentro da grandeza da natureza do amor.

Te aguardo.

Avid disse...

Essa foi forte. Dolorosamente forte.
Bjs meus

Yussef disse...

Linda lembrança.

Abraços

Luiz Caio disse...

Oi Inês! Como vai?

Vivemos cheios de vazios... De pensamentos vazios, palavaras vazias, sonhos vazios... Até que encontramos algo, ou alguém, que realmente nos preecha!

TENHA UMA ÓTIMA TARDE!

BEIJOS.

Baby disse...

Que bom que é alguém emsinar-nos a "sermos dois".
Nuno Júdice não usa palavras ocas...

Fiquei muito sendibilizada com as tuas palavras, no meu cantinho.

Beijinhos.

Su disse...

lindissimo


jocas maradas de sentires

Flor de Lótus disse...

Bom dia amada.
Parabéns pelo poema.
Um coraçzão cheio de amor para dar.
Tudo tem o seu tempo determinado e há tempo para todo propósito debaixo do céu: há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de chorar e tempo de rir; tempo de abraçar e tempo de afastar-se; tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz."

(Eclesiastes)

Flor de lótus.

UIFPW08 disse...

O paraíso não pode esperar, porque eu sinto saudades.
....
e non mi bastano mai i tuoi baci..

Maurizio

Bee* disse...

É MUITOOOOO lindo! Amei!!! =)
Principalmente os dois últimos versos!!!

UIFPW08 disse...

Se esse lugar existe para além dos desejos
se este lugar realmente existe Olte o impossível
Eu quero que eles existem
para olhar em seus olhos brilhando
onde o sol trouxe-me mais perto de você com o amor que eu quero.

O meu querida é teu Ines.

Beijos meus,
Maurizio