17 de junho de 2009

Sem nós na garganta




 












Se um dia secarem as palavras
do rio que só nós soubemos navegar
se acordarmos sós e despidos
das quimeras que já não podemos segurar
restará ainda a velha ponte
hirta e fria, abandonada,
sobre um leito desfeito, vazio,
e alguns versos soltos pelas margens
como as folhas de outono

de nós nada mais se ouvirá


Isabel Solano  

Ver inVerso
Google Imagens
(desconheço a autoria)


37 comentários:

Ane disse...

Uia,serei a primeira?Adoro voltar aqui pra ver e ler teus posts.Um abraço!

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A vida é um incêndio:
nela dançamos,
salamandras mágicas
Que importa restarem cinzas
se a chama foi bela e alta?
Em meio aos toros que desabam,
cantemos a canção das chamas!
Cantemos a canção da vida,
na própria luz consumida...

(Mário Quintana)

Desejo um lindo resto de semana com muito amor e carinho.
Abraços Eduardo Poisl

Nanda Assis disse...

que o rio nunca seque.

bjosss...

Pelos caminhos da vida. disse...

Todo sentimento precisa de um passado pra existir,a amizade não.
Ela cria como por encanto um passado que nos cerca,ela nos da a consciência de havermos vividos anos a fios com alguém que a pouco era um estranho,ela supre a falta de lembrança como espécie de mágica.

Bom dia sumida.

beijooo.

Anônimo disse...

Pelos caminhos da vida tem razão...

Amizade sincera não precisa de passado para existir, e tampouco para prosseguir...

Posso afirmar com toda sinceridade, que não há nada melhor do que ser um restaurador. Aprendi desde pequeno os mistérios dessa arte, apenas por observar um tio que trabalhava restaurando automóveis antigos.

Veja bem, que quem restaura, restaura qualquer coisa, sendo que qualquer coisa (pequena ou grande) pode ser um desafio na vida de um restaurador.

Saudações.

Moonlight disse...

Adoro ler tudo aquilo que aqui escreves.
Tudo tem um magnifico sentido.
Por mais que tudo se seque na vida de duas pessoas sobra sempre qualquer coisa...nem que seja o pensamento breve de uma recordação.

Um bj cheio de luar

Martinha disse...

Gostei. :)
Mesmo que tudo tenha um fim, fica-nos a memória de que tudo foi bom, tudo foi bem aproveitado enquanto teve pés para durar. "Não chores porque acabou, sorri porque aconteceu."

Beijo *

paula barros disse...

Perfeita a harmonia entre a imagem e o poema.

Gosto de poemas que passam sensibilidade e inteligência.

Com o jogo de belas ´palavras.

abraços

Hod disse...

Inês..lindo seu comentário adorei!!
Toda vez que volto aqui surpreendo-me... Que esse rio literário jamais falte....
Uma atraente semana!!
Bjuss!!
Hod.

Xana disse...

Haverá sempre uma ponte mesmo fraca que seja para haver uma ligação que ficará cada vez mais forte...e o rio não secará!

beijinhos e obrigado pelo lindo poema

Baby disse...

I'm here...and I miss you too!

Lindo, maravilhoso, este poema, gostaria de ter sido eu a escrevê-lo, porque expressa na íntergra, tudo aquilo que sinto.
As tuas escolhas são sempre muito especiais. Obrigada por isso.
Beijos .

im disse...

porque o nós deixou de existir...mas o Eu e o Tu continuaram a existir e o rio terá uma água de caracteristicas diferentes mas continuará a existir!


beijos

Vanna disse...

O nós acaba e mesmo q eu e tu saia chamuscados, ainda assim poderão escrever novas histórias.
Querida, concordo c/ o q vc disse lá no blog, mas não há como negar q a linguagem como tudo na vida é uma questão d escolha, mas, uma vez escolhida, há q adequá-la ou ao padrão ou ao coloquial, misturar, só com lincença poética. rsrsrs
Bjs, bom fim d semana.

Marina disse...

Perfeito. Do título ao último verso. Incluindo a figura. Lindo, lindo.

Beijos, Inês.

Princesa disse...

"...Amigos são anjos que levantam nossos pés
quando nossas asas se esquecem como voar..."
um bom fim de semana
um beijo

UIFPW08 disse...

Non lasciarti portare via dal vento
non lasciare ad altri il tuo destino
adesso apri gli occhi.. sogna..
saudade Ines..
Morris

Iana disse...

Que belissimo
o poema... a foto
esta linda demais...
imagens e poema
como sempre lindos
boa escolha...

Beijos da rosa amiga e um fim de semana maravilhosoooooooooo

Iana!!!

Sonia Schmorantz disse...

Nossa, que poema mais doce! Amei ler.
beijão e ótimo final de semana

Rander Pereira disse...

Lindo poema...
então que o rio nunca seque...
e a esperança que é o sonho nunca se desfaça...

clanDestino. disse...

Lúcido.

Vim recuperar a saudade do teu espaço.

D.

meus instantes e momentos disse...

muito bom o texto, gosto daqui.
Tenha um feliz final de semana.
Maurizio

Úrsula Avner disse...

Oi minha linda, belo poema, bela postagem ! Obrigada por seu carinho. Bjs.

Shakti disse...

Que bonita imagem para este bonito e intenso poema !!!

Bj

Duarte disse...

O sitio idóneo, como encaixa com o texto!

Outono, quanto demoras!
Sou filho dos equinócios.

Abraço-te com a força que me dá o outono

Ademerson Novais disse...

Hum..que analogia linda que fizeste aqui neste texto maravilhoso....é tão bom saber que alguem escreves tão belissimo assim...vc gravita eu tuas linhas...nos faz tb voar..navegar neste mar...


Parabens

Ademerson Novais de Andrade

simplesmenteeu disse...

Vim conhecer e gostei muito.
Vou voltar.

Um beijo

~pi disse...

sempre haverá uma ponte

de letras

de folhas

s e m p r e :)



beijo




~

sonho disse...

Quando ha um fim...haverá alguma coisa que nos faça voltar a recordar...Haverá sempre uma ponte...
Beijo de um anjo

Multiolhares disse...

Mas... as pontes sempre servem para ser atravessadas para dar novo rumo á vida
Namastê

R. Sant'Anna disse...

Uma boa escolha.
O poema muito bonito.
De tudo sempre resta algo...

Boa semana

Ane disse...

Um grande abraço!
Obrigada pela visita!

* Patty Meirelles * disse...

"Ser feliz não é ter uma vida perfeita,
mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.
Usar as perdas para refinar a paciencia.
Usar as falhas para esculpir
a serenidade.
Usar a dor para lapidar o prazer.
Usar os obstáculos para abrir
as janelas da inteligencia, pois
a vida , é um espetáculo IMPERDIVEL!!!!

Uma ótima semana para vc!!
Bjinhossssssssssssssssss

JIME disse...

É muito bom estar aqui. Últimamente ando muito ausente.
Saudade imensa.
Beijos.

Mamãe Keka disse...

Se é assim, que seja sem nós! Não é? Gosto demais do seu espaço! Beijo

UIFPW08 disse...

Ines ti prego ..non ho notizie di BIA :..FABIA Obietos de cena...sono molto preoccupato.. per favore mi fai sapere qualcosa di lei? ha chiuso il Blog.. e non sto tranquillo.. grazie un abbraccio sincero. Maurizio

isolano disse...

De novo, obrigada!
Um prazer estar aqui.

Sofia Fada disse...

de blog em blog cheguei até aqui
para pescar lindos poemas.
visite o meu blog também:
www.poesiapraque.blogspot.com

voltarei sempre, com certeza
;)