13 de dezembro de 2010

Revelação



Sim. Vestirei vermelho carmim escarlate
O homem que hoje me amar

Encontrará outro lá dentro.

Pois que o mate.

Elisa Lucinda
Safena

Os que chegam não me encontram.
Os que espero não existem.

Alejandra Pizarnik
Festa



Oferecido pela Verônica
do blog
Sensibilidade



Imagem: Terry Vine

60 comentários:

Gisa disse...

Definitivamente rubro querida amiga!
Um bj. e boa semana

Cor de Rosa e Carvão disse...

Oi meu riacho doce. Eu adoro Elisa Lucinda. Acho ela uma poetisa provocante.

Saudades de ti queridona. Bjo

Nanda Assis disse...

uau q ´poder!!!

bjoss...

On The Rocks disse...

caliente.

----

olha que existe...

M. disse...

Visualmente: resplandescente.

Um prazer viciante passar por aqui.
Um deleite...

UIFPW08 disse...

Non passerò ad ascoltare il mare senza di te.. che non abbia il tuo sorriso..
saudade de ti
Beijos meus

Morris

Rosinha disse...

Gosto muto desse poema de Elisa.

bjs na alma.

Braulio Pereira disse...

que doce paixâo

amei .. que fofura..


beijos querida!!

OutrosEncantos disse...

Corajosa revelação Inês.
Poesia excelente, como há muito nos habituaste.
Beijo.

MLiz disse...

Obrigada amada!
Gosto muito de tuas visitas ao meu blog. Eu, desde que li teu blog, nunca mais parei de visitar, dado o carater especial de tuas postagens.
Bom Natal e Ano Novo pra você.
Beijos
Liz

mixtu disse...

o vermelho
a sedução
ó vestido curto
o olhar
o sentir...

sentires... rubros e ao rubro

abrazo serrano

Secreta disse...

Vermelho...fogo e paixao....

Iana disse...

Minha flor mais Bela...

Vermelho? uauuuuuuuu
Forte... provocante... dominante..
é um jogo de prazer e sedução envolvente... agarrando a presa nas garras de uma mulher que sabe devorar quando é chegada a hora!

Beijos doces minha doce amiga
e mais uma vez obrigada por não deixar-me sozinha em meu jardim...
suas gotinhas de amizade é muito importante por lá...

Doce carinho da rosa amiga
que admira-te imenso
Iana!!!

Obtuso disse...

..."os ((junto eu... ou as)) que espero...não existem !!! "

Fabulosa Alejandra Pizarnik !

Um fabuloso Natal e um beijinho de ternura e respeito para a Inês!

Pelos caminhos da vida. disse...

Show de post amiga.

Já estou bem melhor, a dor graças a Deus passou, mas foi brava, hoje estou aproveitando para visitar os amigos, ah... como senti saudades de vcs, de seus cantinhos, como me faz bem estar aqui de volta com pessoas que só me fazem bem, meu muito obrigada amiga pelo seu carinho, pela sua presença mesmo enqto estive ausente, vcs não imaginam o bem que me fazem, amo todos vcs.

Um gde abraço.

beijooo.

Xana disse...

Adorei o facto de imaginar a surpresa de se encontrar alguém dentro de outra, mesmo que em sentido figurado. E olha que não é muito dificil, deve ser aos milhares.
Muito bom!!!

beijinhos

Lis. disse...

Olá Inês,

Achei um texto interessante que tem muito à ver com muitas pessoas deste tempo atual de coisas. Parece-me interessante esta revolução...


Estamos vivendo um momento único e muito especial da história da humanidade, um daqueles momentos de transformações profundas e assustadoras. Quando olho ao redor,vejo, cada vez mais, aumentar o número de pessoas que estão arriscando questionar os paradigmas que por tanto tempo embasaram as relações humanas. Se antes as pessoasseguiam por suas vidas como se tivessem tomado um trem que seguia certo por trilhos predeterminados, hoje em dia vejo muitos seres corajosos saltando do trem empleno movimento. Já não querem pagar o preço da prometida tranquilidade da viagem Todos nós embarcamos nesse trem no começo de nossas vidas, o roteiro não tinha muito espaço para criações. Sabíamos que, se seguíssemos embarcados, deveríamos cumprirtodas as etapas do tal caminho em direção à felicidade: estudar, casar, ter um emprego, ter uma casa, um carro, ter filhos...vocês sabem do que estou falando. O trem seguiria sempre e sem paradas, assim não deveríamos questionar a viagem. Muitos tentaram seguir, de verdade. No início acreditaram em todos aqueles folhetos coloridos com promessas de uma vida feliz! Mas lá pelo meio do caminho, exaustosdaquele chacoalhar infernal, sedentos de uma vida mais plena e verdadeira, perceberam que o preço para continuar embarcados era... a sua alma. Para ter a supostasegurança da viagem, eram obrigados a suportar empregos que desrespeitavam sua liberdade de existir, que muitas vezes ofendiam seus princípios e valores. Tinhamde continuar casados com pessoas com as quais já não sentiam a chama do amor. Tinham de trabalhar até tarde da noite para não serem mandados embora de seus empregos.Tinham de abrir mão daquilo que lhes era mais precioso, do convívio com as pessoas amadas, do tempo de vida, para cumprir regras que tinham sido escritas sabe-selá por quem! E assim, aos poucos, os primeiros seres corajosos foram se jogando do trem, ousando confrontar a monotonia assassina dos trilhos. - Eu não quero ter de trabalhar até 10 horas da noite, gritaram uns, e saltaram. - E eu não quero dividir a minha casa com alguém ao me casar... não podemos nos amar e ao mesmo tempo morar em casas diferentes? - gritou outro, caindo rolando aolado do trem que seguia furioso. - E eu não quero ser mãe! gritou outra, enquanto rolava até ser amparada por um arbusto próximo aos trilhos.

Lis. disse...

E é nesse momento que nos encontramos. Muitos já saltaram do trem. A questão é: O que fazer a partir disso? Comoconduzir uma vida profissional fora dos padrões sugadores que existem nas empresas atualmente? Como estabelecer relacionamentos mais livres, com mais respeito pelaexistência alheia? E se uma mulher ou homem não colocam a função de procriar e cuidar de sua prole como norteadora de suas vidas... qual é a sua razão de viver? Esse é o momento no qual nos encontramos. Momento no qual corajosos pioneiros lançaram-se em pleno movimento em direção a si mesmos, mas agora se encontram perdidos,angustiados, sem saber para onde ir. Olham ao redor e vêem aquela imensidão de possibilidades. E não existem trilhas, modelos, afinal... eles são os primeiros. Unspoucos já conseguiram estabelecer-se fora dos trilhos torturantes, mas não existem regras às quais as pessoas que saltaram possam se agarrar. Além disso, agarrar-se às novas regras seria, talvez, repetir aquilo que já viviam, criar outros trilhos aprisionadores. Sendo assim, essa não pode ser a saída! Eu diria, aos corajosos seres que ousaram saltar desse trem, que não tenham pressa em encontrar o novo caminho. Eu diria que não busquem as respostas ou direcionamentosnos livros, nem mesmo no exemplo de outros. Busquem dentro de si mesmos. Essa é a verdadeira revolução... a descoberta da nossa capacidade de criar uma vida maisreal, baseada nos anseios de nossa alma. A descoberta de nossa capacidade de encontrar uma resposta única, fresca e verdadeira para cada momento de vida, uma respostaque brota de uma fonte de sabedoria que flui ininterruptamente em nossas profundezas.Assim, acalme-se, controle o medo e invista sua energia em aproximar-se de si mesmo, desse lugar sagrado no seu íntimo, onde respostas podem fluir, livres, inovadoras,autênticas. Um dia essa será a nossa forma de viver, gosto de pensar assim. E para chegarmos lá, cabe a cada um de nós encontrar o nosso caminho, baseado em nosso Eu mais profundo e verdadeiro. Para isso, é necessária uma boa dose de coragem,senso de aventura e confiança na vida. Talvez fiquemos com os joelhos ralados, é verdade. Mas antes um ferimento nos joelhos do que a morte da alma, acreditem!

Crônica retirada do livro Enquanto escorre o tempo - pensamentos, escrito por Patrícia Gebrim., histórias e metáforas sobre a vida

Veronica...ઇઉ disse...

Lindo...lindo...Como sempre.
To cansada andei muito atrás de presentes natal se aproxima rs beijos em teu coração.

A.S. disse...

Inês... deixo-te o meu beijo!
AL

Júlia Santos disse...

Ótimas escolhas, querida.
Estou voltando após algum tempo...
E irei sempre passar por cá =)
Beijo, Inês.

Caroline. disse...

Lindo o texto como sempre né?
Meu sumisso tem uma explicação rs dor de amor, sinto que a qualquer momento vou morrer "/ isso que dá gostar de quem não gosta da gente.
Beijooo =*

Sonhadora disse...

Minha querida

O vermelho da paixão...vestida de desejo.

Beijinhos
Sonhadora

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Somos tantas em uma...

beijos e borboleteios

Eu sei que vou te amar disse...

Minha linda, a cor do desejo misturado com pecado, um doce pecado...
Um beijo carinhoso

Luis Eustáquio Soares disse...

sangue a sangue
ma veia dos fluxos
refluxo
influxo
desfluxo
e somos rio
cachoeira
alegria
zoeira

beijos
de la mancha

Baby disse...

Sempre profundos os teus posts! Fazem pensar e sonhar e reflectem a tua beleza interior, que tenho a certeza rivaliza com a exterior!

Um abraço e os votos de um Santo Natal e feliz Ano Novo!

Duarte disse...

O que pode provocar um verso!...
Não é nada fácil ser breve e conciso.

Desgarro é o que se sente quando o amor não é pleno e reciproco.

Amiga, chegar aqui é para pensar, obrigado, convém a reflexão.

Um grande abraço e, beijinhos

Danielle Macena disse...

Adorei...
Pefeito

Branca disse...

Provocante...

A expectativa que temos nesses dias que antecedem o natal é tão prazerosa quanto o próprio Natal.
Expectativa de receber uma msg de um amigo ausente... de rever parentes distantes... pessoas que estimamos... de sentir o carinho da família e de percebermos que, o amor move a nossa vida e que não somos nada, sem o carinho daqueles que nos cercam e nos são queridos.
Tenha um Feliz e Abençoado Natal junto aos seus!!!
Beijo carinhoso,
Branca.

Lívia Inácio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lívia Inácio disse...

Oiee!

Vim desejar uma ótima semana e um feliz natal!

beijinho***

Lis disse...

Delicado seu blog.
Muito bonito,
obrigada pela paradinha lá no meu.
Cria oportunidade de novas amizades e de poder
apreciar suas escolhas , porque poesia é a minha leitura preferida.
E assim vamos trocando .
Uma boa semana e um alegre e divertido dia de Natal!
Vermelho sempre uma boa pedida ! rs
abraços
Feliz Natal

Cor de Rosa e Carvão disse...

Riacho Doce, vou ao Rio nessa semana. Vai estar na cidade maravilhosa? Podemos tomar uns chopes... Hehehe. Que tal?

A Moça do Sonho disse...

O pior é quando o outro, ainda que alguém o mate, permanece vivo na memória. Desocupa o coração e passa a habitar na lembrança. Há amores que são para sempre.

Bjs,
Mel

Thiago Ya'agob disse...

A reação que tive lendo o texto aqui transcrito de Lucinda foi: EITA!

rs

Tenha uma ótima semana, minha amiga.

Que a paz, "além" das palavras, seja lugar comum em teu coração.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Perfeitas as palavras.

Só quem é capaz de ler
as nossas histórias,
será capaz de escrever
sobre elas,
a sua história...

Que as luzes da esperança
brilhem sempre em ti.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Perfeitas as palavras.

Só quem é capaz de ler
as nossas histórias,
será capaz de escrever
sobre elas,
a sua história...

Que as luzes da esperança
brilhem sempre em ti.

Herberth disse...

Vermelho a cor do amor do desejo

Pelos caminhos da vida. disse...

Amigos de Fé!

Nosso caminho está planejado para passos juntos seguir.
Somos perfeitos de compreensão, e nossa virtude de fidelidade está guardada por nossa fé.
Estamos num mesmo segredo, em que nossa amizade não deixa em vão nossas alegrias.
Acatamos nossos defeitos, e homenageamos nossas qualidades para vencermos.
Somos o porém da coragem.
O por que da invencível força...
Somos as razões para continuar caminhando.
O companheirismo sagrado, que lá de cima recebe a benção de Deus...
Somos amigos fiéis, juntos a tristeza é desenganada, e os sorrisos são os presentes da vida.
Somos assim, a perfeita magia da amizade, que suporta vendavais e furacões.
E mesmo com tempestades continua seu trajeto de fidelidade.
Somos a benção dos Anjos.Que estão a guardar o segredo da nossa felicidade.
Somos a luz da mais linda estrela, que transborda de sinceridade.
Somos o que todos no mundo sonham em ser.
Somos, AMIGOS FIÉIS!!!

(Fabiana Thais Oliveira).

Um Feliz Natal para vc amiga e que em 2011 possamos estar juntas novamente Pelos Caminhos da Vida.

Um gdeeeeee abraço.

beijooo.

sonho disse...

Vermelho...poder...fogo...paixão...desejo...
Boas Festas
Beijo d'anjo

gabyshiffer disse...

Vim lhe desejar boa semana e deixar uma mensagem...

Obrigada por ser uma flor do meu jardim em 2010.Obrigada pelo seu carinho e que nossa amizade continue a florescer em 2011.
Que o seu Natal, seja iluminado e feliz!
Que Deus abençoe a você e aos seus e que você sinta toda alegria de poder estar ao lado das pessoas que você ama.
E que no Ano Novo, as suas sementes floresçam e que os seus sonhos se tornem realidades.
Beijos na alma!
★ ┊    ★ ┊┊   ★ ┊  ★ ┊    
┊   ┊ ☆   ☆┊ ┊     ★┊  
  ★ ┊    ★ ┊ ★ ┊ ★ ┊
┊   ┊ ☆   ☆┊    ★┊ ☆ ☆ 
☆┊   ☆   ★ ┊    ★ ┊┊ ☆   
┊   ┊ ☆   ☆┊    ★┊★┊ ★
☆┊ ☆   ★ ┊    ★ ┊ ☆

UIFPW08 disse...

Eu sei que as palavras podem chegar até você como meu beijos
Eu sei que a distância de lá, se eu fechar meus olhos e penso em você
mas eu quero dizer a você com meu coração, tão sincero, cheio de amor
Eu quero dizer mais uma vez agradecer mais uma vez, Feliz Natal
Maurizio

guímel disse...

Querida Ines!

Que o amor cresça em nossos corações e que a paz reine em toda a humanidade.
Feliz Natal e um Ano Novo de muitas Realizações!


Bjsss

Marina disse...

Espero que existam.

Beijos, Inês!

Veronica...ઇઉ disse...

Meu desejo de hoje para você...

ﻼﻍஞ  FELICIDADE:
*ஃ* ao máximo!

ﻼﻍஞ  SERENIDADE:
*ஃ* em cada amanhecer!

ﻼﻍஞ  ÊXITO:
*ஃ* em cada fase da vida!

ﻼﻍஞ  BONS AMIGOS
*ஃ* para todas as horas!

ﻼﻍஞ   AMOR:
*ஃ* que nunca termina!

ﻼﻍஞ   BOAS LEMBRANÇAS:
*ஃ* de tudo que foi vivido!

ﻼﻍஞ  UM BONITO HOJE:
*ஃ* com muito para agradecer!

ﻼﻍஞ  UM CAMINHO:
*ஃ* que te guie à um grandioso futuro!

ﻼﻍஞ  SONHOS:
*ஃ* se convertendo em realidade
Agradeço pelo carinho, pela amizade,
pelas lindas mensagens que me envia
Um feliz Natal para você e família beijus no ♥

Ane disse...

E eu amo vermelho!!
Inês,olha só,meu blog principal é o do uol,é que não consegui deixar o link no comentário,ficou só o blog de mimos que é blogspot.
O endereço é este:
http://sulamemacedo.blog.uol.com.br
Bjos e um Natal muito feliz e abençoado pra vc!

Secreta disse...

Bom Natal!

Lívia Inácio disse...

Eii!

Estou passando para desejar um feliz natal!

Um grande abraço,

Lívia

Braulio Pereira disse...

vim desejar boas festas

doces dias tudo de bom querida !!

beijos e flores para voce

FELIZ NATAL!

LUZ
PAZ
AMOR

Sonia Schmorantz disse...

Todos os dias deste ano,
Você esteve presente.
Fazendo-me sorrir, trazendo conforto e incentivando a continuar.
Todas suas palavras, seus comentários e presença foram muito importantes.
E é com todo carinho que desejo
Tudo de bom na sua vida,
Um Natal repleto de alegrias.
E que todos seus sonhos se tornem realidade neste
E em todos os Natais que ainda virão.
Um forte abraço.
Feliz Natal!

Eu sei que vou te amar disse...

Minha linda, desejos de um Natal Feliz com muita paz e amor!
Beijo com muito amor

On The Rocks disse...

felicidades bela inês!

bj

A.S. disse...

Gosto do carmim escarlate... a cor dos teus lábios!...


Beijos, Inês
AL

F@bio Roch@ disse...

Vamos celebrar estas últimas horas natalinas... BATE O SINO!!!

DEIXO AQUI:

"Alguém observou que cada vez mais o ano se compõe de 10 meses; imperfeitamente embora, o resto é Natal. É possível que, com o tempo, essa divisão se inverta: 10 meses de Natal e 2 meses de ano vulgarmente dito. E não parece absurdo imaginar que, pelo desenvolvimento da linha, e pela melhoria do homem, o ano inteiro se converta em Natal, abolindo-se a era civil, com suas obrigações enfadonhas ou malignas. Será bom.

Então nos amaremos e nos desejaremos felicidades ininterruptamente, de manhã à noite, de uma rua a outra, de continente a continente, de cortina de ferro à cortina de nylon — sem cortinas. Governo e oposição, neutros, super e subdesenvolvidos, marcianos, bichos, plantas entrarão em regime de fraternidade. Os objetos se impregnarão de espírito natalino, e veremos o desenho animado, reino da crueldade, transposto para o reino do amor: a máquina de lavar roupa abraçada ao flamboyant, núpcias da flauta e do ovo, a betoneira com o sagüi ou com o vestido de baile. E o supra-realismo, justificado espiritualmente, será uma chave para o mundo.

Completado o ciclo histórico, os bens serão repartidos por si mesmos entre nossos irmãos, isto é, com todos os viventes e elementos da terra, água, ar e alma. Não haverá mais cartas de cobrança, de descompostura nem de suicídio. O correio só transportará correspondência gentil, de preferência postais de Chagall, em que noivos e burrinhos circulam na atmosfera, pastando flores; toda pintura, inclusive o borrão, estará a serviço do entendimento afetuoso. A crítica de arte se dissolverá jovialmente, a menos que prefira tomar a forma de um sininho cristalino, a badalar sem erudição nem pretensão, celebrando o Advento.

A poesia escrita se identificará com o perfume das moitas antes do amanhecer, despojando-se do uso do som. Para que livros? perguntará um anjo e, sorrindo, mostrará a terra impressa com as tintas do sol e das galáxias, aberta à maneira de um livro.

A música permanecerá a mesma, tal qual Palestrina e Mozart a deixaram; equívocos e divertimentos musicais serão arquivados, sem humilhação para ninguém.

Com economia para os povos desaparecerão suavemente classes armadas e semi-armadas, repartições arrecadadoras, polícia e fiscais de toda espécie. Uma palavra será descoberta no dicionário: paz.

O trabalho deixará de ser imposição para constituir o sentido natural da vida, sob a jurisdição desses incansáveis trabalhadores, que são os lírios do campo. Salário de cada um: a alegria que tiver merecido. Nem juntas de conciliação nem tribunais de justiça, pois tudo estará conciliado na ordem do amor.

Todo mundo se rirá do dinheiro e das arcas que o guardavam, e que passarão a depósito de doces, para visitas. Haverá dois jardins para cada habitante, um exterior, outro interior, comunicando-se por um atalho invisível.

A morte não será procurada nem esquivada, e o homem compreenderá a existência da noite, como já compreendera a da manhã.

O mundo será administrado exclusivamente pelas crianças, e elas farão o que bem entenderem das restantes instituições caducas, a Universidade inclusive.

E será Natal para sempre.

Ah! Seria ótimo se os sonhos do poeta se transformassem em realidade."

(Carlos Drummond de Andrade)

Lívia Inácio disse...

Agora volto pra te desejar um feliz ano novo!

beijinho***

todosossentidos disse...

Tão vermelho e tão vivo...
Grande beijo

Neo

Thiago Ya'agob disse...

Minha amiga
escrevo para te desejar um ano de 2011 repleto de realizações significativas: com paz, sempre.

Meu abraço.

poetaeusou . . . disse...

*
Amiga
uma Quadra Feliz,
com brisas de estima
marés de amizade
vagas de saúde
e um Mar de Amor !!
,
conchinhas Natalícias,
,
*

Baby disse...

E assim, de escarlate vestida, pintarás de cor todos os dias do Novo Ano.
Felicidade para ti, querida amiga.