28 de maio de 2009

Fica em mim















não te peço a direcção do vôo
mas fica em mim que somos aves medrosas e frágeis
e só o teu fogo redime o tempo contado

fica em mim. habita-me
e morrerei grávida de luz.

Isabel Coelho


Imagem: Narcis Virgiliu

44 comentários:

Shakti disse...

Belo momento...que bom é aparecer por aqui...

bj

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA AMIGA, BELO MOMENTO DE POESIA... ADOREI!!!
ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANHDINHA

Carla disse...

lindas palavras
beijo

xana disse...

As tuas escolhas sempre me arrepiam, lindo momento Inês
beijinhos

Eu disse...

Fazia um bom tempo que não passava por aqui. Sempre uma emoção!
Muito lindo seu momento de inspiração.
Beijo grande
Elida

Martinha disse...

Que lindo. :)
Reflexos de amor em dois seres que querem abrir as asas juntos.

Beijinho *

JADY*ALVES disse...

Inês.
Boa noite querida!
Perdoe meu sumiço, as vezes os atropelos da vida nos deixam um pouco atrás no caminho, mas a gente chega onde deseja estar...

Tua sensibilidade emociona.
Parabéns por tão belas palavras.

Abraços e carinhos da Jady

* Patty Meirelles * disse...

A luz do amor, tão intensa, radiante...
Lindo post!
Bjs carinhosos

Sonia Schmorantz disse...

Lindo dizer!
beijo

Xana disse...

Essa ilusão tá linda de morrer
já vim ler isso três vezes :)
beijos e diverte-te este fim de semna , prometes? ;)

Eu sei que vou te amar disse...

Profundo! Tal o amor! Em cada pedacinho de nos reside a vontade de permanecer junto a outra metade so assim nos sentimos completos!
Um beijo doce

mdsol disse...

Q. Inês

A autora tem toda arazão... Caminhar juntos sim, pode ser um caminho iluminado. Juntos, sem ninguém a comandar...
beijinho do lado de cá

:))

B disse...

A luz...o calor...
Um útero ou um coração - de repente, fazem o mesmo trabalho....não sei...fico pensando...

A.S. disse...

Inês...

Tão Lindo!...
mas tu já tens luz própria...


Ternos beijos e bom fim de semana

Ana Gomes disse...

Fascinante

Cor de Rosa e Carvão disse...

Nossa Inês, lindo demais...

Sonia Schmorantz disse...

Decore sua alma ,
da forma mais linda que souber,
com uma poesia que lhe toque o coração,
para que na sua mudez, seja feliz,
pois alma que é, será sempre sua,
sem que ninguém no mundo a tire de você.
(Eda Carneiro da Rocha)

Desejo a você um maravilhoso final de semana,
Com muita paz e carinho.

Sônia

t. disse...

Belo Inês! Como a chama que aquece, como a luz que indica.

Um grande beijo.
Tiago.

Paulo Tamburro disse...

Não conhecia o seu blog.Excelente.
Existem muitos destes blogs, mas o seu realmente é de uma correção semântica e uma beleza estética, digno de ser colocado numa parede.

Grávida de luz,em termos literários (mesmo se usassemos a licença poetica) não seria especificamente um pleonasmo, mas nesta poesia, segundo minha percepção, ficou sendo.

Gravidez é luz,inteiramente diferente da dimensão das coisas e dos fenômenos que já estão formatados.É o sair das trevas!

Caberia também como uma alegoria quando se fala: uma luz no final do túnel.

Final do túnel físico, mas início da vida.

É como se pudessemos dizer, que aquele final de túnel, onde a gestação viceja, fosse a mesma alegoria, como se disessemos, que o que para a lagarta é o fim do mundo, para a borboleta, é o seu nascimento.

Serei seu seguidor.

Duarte disse...

A noite entrava escura,
um ruído vindo do alto
fez-me contemplar o firmamento,
com atenção,
que feliz contemplação!
uma bandada de patos cruzava o ar,
emitindo esse são tão peculiar,
talvez atrasados, no tempo
dum equinócio já fecundo.
Belo, impensável... para reter.
Qual o seu destino!?
Voavam a meia altura...

Abraço-te docemente

Valdemir Reis disse...

Olá Ines estou visitando e quero registrar minha satisfação ao passar aqui. Fica minha gratidão por sua amizade e atenção. Tudo isto nos fortalece e aproxima. Saiba que gostei muito deste trabalho. Realizado com muita Inteligência e excelente qualidade, parabéns pelo post, belissimo, uma maravilha, gostei, meu reconhecimento e votos de muito sucesso e brilho. Honrado por sua amizade, espero por sua visita.
Quero compartilhar com você o poema abaixo do nosso imortal Vinícius de Moraes:
“Certas palavras podem dizer muitas coisas;
Certos olhares podem valer mais do que mil palavras;
Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;
Certos gestos, parecem sinais guiando-nos pelo caminho;
Certos toques parecem estremecer todo nosso coração;
Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais,
Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre. Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.”
Desejo um fim de semana repleto de alegrias extensivo aos familiares. Forte abraço, paz, luz, saúde, prosperidade e muitas bênçãos. Fique com Deus. Felicidades.
Valdemir Reis

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

"Não sou como a abelha saqueadora que vai sugar o mel de uma flor, e depois de outra flor. Sou como o negro escaravelho que se
enclausura no seio de uma única rosa e vive nela até que ela feche as pétalas sobre ele; e abafado neste aperto supremo, morre
entre os braços da flor que elegeu."

( Roger Martin)

Passando para desejar um final de semana com muito amor e carinho.
Abraços do amigo Eduardo Poisl

Vieira Calado disse...

A maneira como se termina um poema é muito importante.
Você fê-lo muito bem.

Cumprimentos meus

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Com certeza foi de uma gravidez assim que você nasceu, Inês!

Beijos e borboleteios

[ rod ] disse...

Sua poesia é ampla e aguça o sentido do todo.

Bjs,






Novo dogMa:
sanCiono...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Tchi disse...

Lucidez em olhar transparente.

Tchi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Monilis disse...

Oi Inês,
Somos mesmo aves medrosas e frágeis e que linda forma de morrer... :-)

Beijos

Ademerson Novais disse...

Hum acho que nao precisa falar muita coisa com estas palavras tao bem escritas aqui..pois ja falam por si so muita coisa amiga....mais uma vez um texto belo...de uma pessoa cheia de luz...


Ademerson Novais de Andrade
estou com um projeto e gostaria de seu comentario amiga sobre ele..ficarei grato com sua presenca la no meu blog sempre

Juani disse...

tu palabras hoy me llegaron al alma
que tengas una buena semana
saluditos

Iana disse...

Inês
Amiga querida...

É bom voltar aqui...
sentir a suavidade das palavras que escreves.

Bela escolha:"Somos aves medrosas e frágeis..."

beijos e uma doce e linda semana
com carinho de sempre sua rosa amiga
Iana!!!

Luiz Caio disse...

Oi Inês! Boa tarde!

Muito bom gosto!
O poema é muito bonito!

TENHA UMA ÓTIMA SEMANA!

BEIOS.

Marina disse...

Grávida de luz. É uma bela expressão.

Lindo poema, Inês. Beijos!

~pi disse...

] eu, bola de

as-sombro,






~

Secreta disse...

Simplesmente belo!!!!!!!

Baby disse...

Muito, muito lindo, o teu bom gosto é inexcedível.

Um beijo.

Vanna disse...

Lindos o texto e a imagem.
Bjs, lindo fim d semana.

Multiolhares disse...

Que a luz do amor possa viver em ti

Namastê

On The Rocks disse...

inês,

muito bonito. quero agradecer pelos sinceros comentários que você costuma deixar no on the rocks.

você é uma das minhas leitoras favorita.

com carinho,

buenas!

Sonia Schmorantz disse...

"Conte a sua história ao vento,
Cante aos mares para os muitos marujos;
cujos olhos são faróis sujos e sem brilho.
Escreva no asfalto com sangue,
Grite bem alto a sua história antes que ela seja varrida na manhã seguinte pelos garis.
Abra seu peito em direção dos canhões,
Suba nos tanques de Pequim,
Derrube os muros de Berlim,
Destrua as catedrais de Paris.
Defenda a sua palavra,
A vida não vale nada se você não
viver uma boa história pra contar."
(Pedro Bial)

Na impossibilidade de entrar em detalhes, como eu gostaria imensamente como todos amigos que tenho, venho trazer um pouco de poesia e desejar que seu domingo, sua nova semana seja de mil cores, que tenhas muitas alegrias!

Um abraço

Sônia

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA INÊS... FICA BEM... BOA SEMANA... BEIJINHOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

O Profeta disse...

Mil caminhos
Esta viagem sem velas nem vento
Este barco na bolina das ondas
Esta chuva miúda transborda sentimento

Amarras prendem o gesto
Arrocham um coração que bate incerto
Uma gaivota retoca as penas com espuma
Levanta voo em rumo concreto

Partilha comigo “100 Anos de Ilusão”


Mágico beijo

UIFPW08 disse...

Ma dove sei?

poetaeusou . . . disse...

*
a luz
no rumo certo,
acende o fogo . . .
,
conchinhas de luz,
,
*