7 de março de 2010

Dá licença que eu quero viver


Viver é um descuido prosseguido.

Sigo à risca.

Me descuido e vou...

Quebro a cara.

Quebro o coração.

Tropeço em mim.

Me atolo nos cinco sentidos.

Viver não é perigoso?

Então, com sua licença!



Guimarães Rosa



O velho Guima sabia das coisas.
Viver é isso. Um constante enfrentamento.
Não basta querer. É preciso coragem.
Imagem: Getty Images

23 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Mulher é mesmo interessante,
mesmo brava é linda,
mesmo alegre, chora,
mesmo tímida, comemora,
mesmo apaixonada,ignora,
mesmo frágil é poderosa.

Feliz Dia Internacional Da Mulher!

beijooo.

Lis. disse...

Olá querida Inês...

Estive pensando que no fundo todo ser humano acaba sendo impelido para o campo das burrices pertinentes à vida. Errar é humano... Afinal, quem não tem o direito a errar? Apenas que persistir em cima da condição da essência dos mesmos erros...? Condição primária? Então, caberia bem a expressão: "Dá licença?"

Uma licença -primeiramente a nós mesmos- por opção de uma liberdade pessoal, em poder conquistar o próprio ar que se respira sem opressões.

E certamente que também cansamos das cobranças, principalmente quando recebemos muito pouco retorno compensatório, tanto pelas cobranças que cumprimos, quanto pelas que fazemos.

Enfim, cobrança sempre é caso sério, também pelo fato de nascermos debaixo delas, constituindo-se como um vício dificil de ser extinguido.

E tocando no assunto, lembrei-me de uma estória em que um Turco que sempre se gabou de nunca ter pago uma dívida na vida pegou um dinheiro emprestado de um Judeu conhecido por nunca ter perdido um centavo sequer em transação alguma.

A dívida venceu e o Turco ia se escondendo do Judeu, que vivia na sua captura. Até que um dia se cruzaram no bar de um Português e começaram uma discussão.

O Turco encurralado não encontrou outra saída, pegou um revólver encostou na sua cabeça e disse: - Abdula pode ir para o inferno, mas não paga esta dívida. E puxou o gatilho caindo morto no chão.

O Judeu não quis deixar por menos, pegou o revólver do chão, encostou na sua cabeça e disse: - Jacó vai receber esta dívida, nem que seja no inferno, e puxou o gatilho caindo morto no chão.

O Português que observava tudo assustado, pegou o revólver do chão, encostou na sua cabeça e disse: - Pois Manuel não perde esta briga por nada.


Feliz Dia Internacional da Mulher Inês.

JIME disse...

Naquelas horinhas de descuido, é que se acha a felicidade.
Beijos.

Nanda Assis disse...

vcs ja disseram tudo.

bjosss...

Vivian disse...

...Todas as Vidas

Vive dentro de mim
uma cabocla velha
de mau-olhado,
acocorada ao pé
do borralho,
olhando para o fogo.

Benze quebranto.
Bota feitiço
Ogum. Orixá.

Macumba, terreiro.
Ogã, pai-de-santo.

Vive dentro de mim
a lavadeira
do Rio Vermelho.
Seu cheiro gostoso
d'água e sabão.
Rodilha de pano.
Trouxa de roupa,
pedra de anil.
Sua coroa verde
de São-caetano.
Vive dentro de mim
a mulher cozinheira.

Pimenta e cebola.
Quitute bem feito.
Panela de barro.
Taipa de lenha.
Cozinha antiga
toda pretinha.
Bem cacheada de picumã.
Pedra pontuda.
Cumbuco de coco.
Pisando alho-sal.

Vive dentro de mim
a mulher do povo
Bem proletária
Bem linguaruda,
desabusada,
sem preconceitos,
de casca-grossa,
de chinelinha,
e filharada.

Vive dentro de mim
a mulher roceira.
-Enxerto de terra,
Trabalhadeira.
Madrugadeira.
Analfabeta.
De pé no chão.
Bem parideira.
Bem criadeira.
Seus doze filhos,
Seus vinte netos.

Vive dentro de mim
a mulher da vida.
Minha irmãzinha
tão desprezada,
tão murmurada
Fingindo ser alegre
seu triste fado.

Todas as vidas
dentro de mim:
Na minha vida -
a vida mera
das obscuras!

Cora Coralina

...Inês querida linda,
trago beijos neste dia
de todas nós!

EDUARDO POISL disse...

MULHER II

Mulher é a expressão maior do amor
É semelhante uma flor
Consigo carrega o perfume
Que encanta e da alegria a vida.
Deixando-a mais sensível, alegre e bonita.

Mulher é a musa do poeta
Que em versos expressa o carinho
A sensibilidade, a delicadeza
A sexualidade e toda a beleza
Que há neste Ser de olhar frágil
Meigo e amável
Fonte inesgotável de inspiração.

Mulher é a manifestação
De um Deus invisível
Que se torna visível
No amor e ternura que nela há
Onde seu Ser se esvazia
Amando com total dedicação.
O Ser amado e sua criação.
Quando ama, ama sem limites
Mesmo que a dor
Seja sua constante companhia.

(Ataíde Lemos)

"FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER!!"
Abraços com carinho

Hod disse...

Vá Mulher, voe seu viver sem medo de ter as assas partidas. Tens 365 dias para expressar toda tua feminilidade.
Grato por sua visita em minhas atmosferas, sabes que estas inserida na homenagem.

Beijos,

Hod.

Caroline. disse...

Viver é perigoso e eu GOSTO muito =D
Beijão e Feliz dia das mulheres pra vc [nós] sahsausahsausa

Rouxinol disse...

É isso aí Inês!
É preciso coragem para viver! Querer por si só, não faz as coisas mudarem. É preciso v.i.v.e.n.c.i.ar e não co-existir.

Adorei seu comentário sobre meu último post, embora ainda acho que, o que faz a diferença é sempre mesmo o nosso modo de olhar. De um lado é rosa, de outro pode parecer laranja e por aí vai.
De fato é preciso as vezes, sair de cena, para poder prosseguir ou simplesmente, encontrar uma nova visão sobre determinada situação....rs
Um grande beijo,
Sarah.

ps: isso rende assunto...rsrsrs

Eu sei que vou te amar disse...

Minha linda, enfrentar esta coragem de VIDA é uma Dadiva que so merece cada segundo, instante da nossa presença!
Um beijo doce

Eduardo disse...

Como sabe a gente dança o tango até cair para o lado e então se o par é delicado nem lhe digo

Mas a melodia já foi substituída e espero por vc no salão de baile.

O cavalheiro que se dirigir a si com um ramo de flores, não tem que saber

SOU EU

mundo azul disse...

________________________________


Que lindo esse poema! Não conhecia...

Obrigada, pela partilha!


Beijos de luz e o meu carinho...


________________________________

Chris disse...

Obrigada pela vida expressa nas palavras...
Um beijo
Chris

Duarte disse...

Cuidado!!!

Viver é uma aventura constante.
Por isso é tão belo, o viver.

Não conhecia esta faceta sua. Só o ligava à prosa, além de muitas coisas mais outro campo... um grande intelectual.

Um grande abraço

a magia da noite disse...

a vida será sempre uma caminhada no fio da navalha.

Pelos caminhos da vida. disse...

Olá! Dei uma passadinha por aqui,

só para ver como você estava

e te desejar um

ÓTIMO DIA!!!



Lembre-se, hoje é um dia muito especial,

Melhor que ontem e muito melhor que amanhã,

Hoje você têm a oportunidade de fazer as coisas diferentes.

Bom Dia!!!

beijooo.

Isadora disse...

Quero muito descuido para mim!

Um beijo,
Isadora

On The Rocks disse...

viver é pra poucos.

bj

Marcelo Novaes disse...

Inês,




Autorização concedida para a publicação de "Meteorito".





Beijo.

Pétala disse...

É no quebrar, tropeçar e atolar nos cinco sentidos que está a essência da vida. Quem "vive" sem atropelos, não vive.

Beijo, Inês!
Mel

Thiago Ya'agob disse...

Inês, querida.

Lindo esse falar do Rosa. Me fez lembrar de um poema que recebi ontem mesmo de um maigo tão querido. Quero dividir um trecho contigo. O poeta é José Régio, o Poema, Cântico Negro:

Ah, que ninguém me dê piedosas intenções,
Ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: "vem por aqui"!
A minha vida é um vendaval que se soltou,
É uma onda que se alevantou,
É um átomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou
Sei que não vou por aí!

(Lindo, não é mesmo? Espero que gostes).

PS.: Tem um singelo escrito no meu blog com o título Unidos Separadamente. Dê uma espiada depois.

poetaeusou . . . disse...

*
dá licença,
eu quero concordar . . .
,
conchinhas,
,
*

Do Jeito Que Eu Sou disse...

Ines, o que é bom sempre encontra meios de melhorar......ja perfeito com postagens de textos maravilhosos e imagens perfeitas agora vc nos contempla com seus comentarios a cada post.....linnndo.....muito bom ter mais e mais de ti