12 de junho de 2011

As mãos e os frutos

Yuri Bonder

Olhos postos na terra, tu virás
no ritmo da própria primavera,
e como as flores e os animais
abrirás nas mãos de quem te espera.

As mãos e os frutos 
Gosto de você chegar assim
Arrancando páginas dentro de mim.
Lola/1987


 

20 comentários:

Multiolhares disse...

Devemos de aprender a esperar o tempo certo, pois ele existe somos nós que tudo apressamos
bjs

Cores da Vida... disse...

Nessa vida, tudo o que desejamos é possível de acontecer..., de realizar...

Beijos e salve o Amor...!!

Magna Santos disse...

Eu sabia que tu não ías deixar o dia de hoje passar em branco, pois que todos os dias parece para ti, dia do amor, da paixão, dos namorados.
Lindíssimos versos! Tu estás cada vez mais atenta às palavras que te chegam.
Beijão bem grandão, pescadora.
Magna

UIFPW08 disse...

Vou falar com o silêncio dos meus sonhos em seus olhos Eu não posso esquecer.
Obrigado do coracao
Beijos meus
Morris

Dil Santos disse...

Ai q saudade Inês de tu. Vc tá bem?
Eu confesso que não sou muito fã de Chico Buarque, mas essa em questão achei fantástica, rsrs.
Um bjo querida

Poesias Partidas disse...

Ahhh, o falar dos imortais, como são belos os dizeres, nos fazem navegar em nuvens. Parabéns poeta! Primeira vez no teu blog, adorei teu espaço todo branquinho e muito aconchegante. Vou passear mais um pouquinho para te conhecer.

Abraços.

Só pra você disse...

Que lindo o teu espaço querida poeta, e que palavras lindas de poesias de poetas imortais, nunca saem de moda essas poesias. Já quero ficar...

Beijocas

Tatiana Moreira disse...

Tudo muito lindo!
Escolhas perfeitas para iniciar bem a semana!
Tenha uma ótima semana!
Um abraço carinhoso

Secreta disse...

O Amor reflectido em cada palavra.
Beijito.

MLiz disse...

:):):):):)
Ocê... acessível de novo! hehehe
Que bom!!! Senti saudade e vontade de responder aos teus comentários, sempre tão amáveis e exatos.
Bom te rever em leves, porém sempre belas poesias.

Ah... Eu estive em Brasília, odiei! Aí me aventurei sozinha a conhecer este cidadezinha histórica, Pirenopólis. Não sabia quase nada a respeito dela, mas algo me puxou pra lá. Lindaaaaa, energia maravilhosa... me senti renovada, pena que foram apenas 6 horas lá, não pude conhecer toda a exuberancia e magia do lugar, mas foi o suficiente para viver cada minuto de beleza do lugar. Valeu a viagem a fria e politica Brasilia!
Recomendo ir passar uns dias por lá, mas em feriados diz que enche de gente, eu adorei pq não estava vazia mesmo! rs. Se quiser ver um pouco mais de lá, acessa o meu panorâmio:http://www.panoramio.com/user/4430721
Um beijo, linda!
MLiz

MLiz disse...

:):)
Que coisa lindaaaaaaa te ver em poesia por lá... e tão perfeita leitura de minhas intenções naquelas fotos. Com certeza estás a dar vida às postagens. :) Obrigada por compartilhar comigo desta bela viagem!!!
Ahhh... bom te ver, em cores e sorriso!!!
Beijos
MLiz

allmylife disse...

Olá..gostei mto do seu blog!! E passo a te seguir!! rsrs Boa semana!!

retrato disse...

o bom gosto na escolha das palavras, mesmo que de outros autores (mestres), que não tuas, não deixam de revelar que é de dentro de ti que sai todo esse fulgor incendiando, desejo, amor, prazer, e vida.

Baby disse...

Como eu gosto de vir aqui enriquecer-me com estes pequenos (grandes) poemas, tão ricos de conteúdo, mas tão ricos, que me deixam plena de emoções.
Bem hajas pelas tuas escolhas, bem hajas pelo supremo prazer que nos dás.
Beijos.

Dil Santos disse...

Inês minha linda, como está?
Ai menina, adorei o Dilzinho, pouquíssimas pessoas, contadas a dedo me chamam assim, rsrs.
Eu posso não gostar muito deles, mas gosto por demais de tu menina, então ñ saio daqui, rsrs
Bjão querida

Vieira Calado disse...

Era um homem muito sensível

o Eugénio de Andrade.

Bjsss

Luiz Caio disse...

Oi Inês,como vai?

Contato: Facebook Luiz Caio.

Beijos.

Duarte disse...

Dois mares de poesia, da grande!
Um de cada lado do oceano, imenso como eles!

Um grande abraço, querida amiga

Só pra você disse...

Passando para deixar meu abraço...

Beijocas

Cantiga de Acordar disse...

Chamados, esperas, cheganças.
O amor em três atos.
Lindo!

Bjo,
Me.