17 de janeiro de 2010

Casa vazia



 




 







Essa casa, onde atrás de cada porta fechada
me descobrias parques, jardins, nascentes...
um imenso espaço risonho aberto à floração da luz,
essa casa onde eu era contigo um curso de água
ou um desejo de vôo,
essa casa está vazia.
 
Eugénia de Vasconcelos
Mátria Minha

Imagem: a manh'ser



Selos oferecidos pela Martinha

do blog Mar de Desabafos

34 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Ficaram as saudades, lembranças e recordações nessa casa vazia.

Bom domingo amiga.

beijooo.

Lis. disse...

Olá Inês.

Toda vez que vem mudanças
Seguem os rios com seu curso
E a casa com novas pinturas.

Servir-lhe-á das lembranças
Os vazios ocuparão um espaço
Em cada traço os requintes.

Das nossas formas suaves
Espalhadas com a esperança
Viverá o espaço guardado.

Lis.

A.S. disse...

Querida Inês...

Também dentro de nós há vazios por preencher...
Vazios que anseiam transbordar de afectos!!!

Beijossss...
AL

Rosinha disse...

Entendo bem essa questão de vazios.
O que importa é não desistir nunca.

Xero na alma.

Caroline. disse...

Achei triste "/
Acho que é pq to triste tbm rsrsrsrs
BEijão =*

Ane disse...

Vc me fez lembrar de nossa casa,a casa de família que ficou vazia também e que parece que guardou nas paredes e pisos muitas lembranças...Hoje esta casa não existe mais.Obrigada pela visita!

Ane disse...

Ah sim!A praia de Jacumã não estava vazia,foi só o momento da foto mesmo,pois a maioria das pessoas estava em casa ou no restaurante almoçando e se protegendo do sol do meio-dia.
Fui!

Ane disse...

Ah sim!A praia de Jacumã não estava vazia,foi só o momento da foto mesmo,pois a maioria das pessoas estava em casa ou no restaurante almoçando e se protegendo do sol do meio-dia.
Fui!

Juliana Paez disse...

Olá Inês,

Sentir que algo está faltando é sentiemento real na vida de todos nós.
Mas tentar preencher cada espaço com nossa fé e alegria interior, continua sendo uma grande forma de ser feliz.

Adorei suas palavras!!!!

Bjokas da JU

Duarte disse...

Bela imagem, mesmo assoladora, como fica a minha mente ao supor que tudo isso pode ser possível.
Desencontros que nos trás a vida...
Un grande abraço e... mimos

Shakti disse...

Bela imagem ...podemos sempre escolher...

bj

Avid disse...

Abismos...
Bjs meus

Do Jeito Que Eu Sou disse...

Ecoam os silêncios na casa vazia
Segredam as madeiras às paredes
Choram os tetos
Espiam as janelas
Numa casa cheia de nada.

A distância das cadeiras é um toque
Tão perto...

O vazio de uma vida mal vivida vagueia pela casa.
Divide o toque que de tão perto não se dá.
Estendem-se os lençóis na dormência desta divisão.
Revolta a promessa que não quebra
E a ânsia alimenta a simbiose da dor e da paixão.

No embalo desta nostalgia pintamos as paredes, trocamos as curtinas, acrescentamos novas mobilias... e a vida segue com lagrimas ja sem dor.

bjusss meus Ines...amo estar a navegar em teus rios

Secreta disse...

O vazio pode sempre ser preenchido...
Beijito.

~pi disse...

casa de vidro

desmapeada,





beijo, inês,






~

neli araujo disse...

Oi, Inês!

Belo poema!

É sempre muito triste sentir que a casa está vazia...

O bom, é que a casa não "é" vazia! Ela "está" vazia, o que significa que logo, logo, pode ser preenchida com novos sonhos, com um novo alguém!

beijinhos agradecidos pela amizade e pelas visitinhas queridas no meu blog, linda!

neli

O Profeta disse...

O troar do trovão, esta incessante chuva
As estrelas choram todas as mágoas na terra
Onde param os Anjos, porque não nos acodem os Santos
O mal e o bem porfiam esta eterna guerra

As casas do sul ruiram todas
Tal como a esperança desesperada
Toquei no rosto de uma criança triste
Senti uma paz surgir do nada


Mágico beijo

[ rod ] ® disse...

Como o coração saudável e vazio! Amar é ironia.

Bjs moça.

sexwm disse...

gosto muito das imagens que você escolhe!
Tem uma relação muito legal texto/imagem

Dil Santos disse...

Oi Inês, tudo bem?
Ficamos assim, quando terminamos uma relação, esse vazio.
Ficam apenas as boas lembranças, que as vezes vão ficando guardadas numa gaveta no fundo da memória.
Disse tudo no comentário querida.
Obigado
Um bjo
:)

Nina disse...

Dedico meus dias a manter a casa sempre cheia, e o curso de água fluindo.
beijos, flor

Chris disse...

Atrás de cada porta fechada, há tanto a descobrir...
mas nem sempre o que procuramos...
Um beijo
Chris

˙·٠•● ѕεறிoτιvo ◦ disse...

Um velho homem habitava na casa.
Adorava ver seu lindo mundo através da janela.
No mundo habitava suas 2 maiores criações:um homem e uma mulher, como se fosse de estimação. E uma árvore proibida

Todas as tardes deixava sua janela e ia de encontro a eles.
Certo dia, pela manhã, o senhor espantou-se e saiu.

"-Adão, por que comente do fruto proibido?"

A casa ficou vazia.



RSrs
Li seu texto e me lembrei de como sempre vi a história de Adão e Eva.
Grande beijo

Ray

Martinha disse...

Vazia de presença física, mas cheia de memórias, suponho. ;)
Beijinho Inês *

Baby disse...

Não há nada tão doloroso como sentir a "nossa casa" vazia, vazia de presenças, de cheiros, de risos, de sonhos.
Só umas coisa permanece, as lembranças...e delas vamos vivendo.
Um beijo.

Liz disse...

Olá,
estava lendo tuas postagens e esta... é incrível, mas em outros momentos eu vim aqui e encontrei a frase, o texto, a palavra ideal para um momento meu. Adoro tuas postagens, apesar do entendimento que faço de cada uma de tuas postagens relacionadas a sentimentos teus... ou talvez apenas meus... rsrs.
Precisei levar esta frase para meu blog...
Um abraço e que tua casa volte a estar repleta de luz e vida!

Hod disse...

Amável amiga Inês,

Ao construir-se uma vida em simbiose é impossivel direcionar o foco do amor para outro lado. Abre-se um abismo e ele passa nos olhar. Imagino um abismo olhando para mim. Talvez seja isso.. O vazio é passa hospedar o pavor até a auto aniquilação.

Beijos querida Inês.

Alôha,

Hod.

Cleo disse...

que este vazio logo se desfaça.
Beijos.
Cleo

Jéll C. disse...

Devemos sempre tentar preencher o vazio.
Um beijo ;*

A.S. disse...

Querida Inês...

Vim reler-te, rever-re e deixar um beijo!

AL

sonho disse...

Casa vazia...mas coração cheio de memorias...saudades...
Beijo d'anjo

Multiolhares disse...

Quando as memorias batem á porta e a deixamos entrar, por vezes de tão vazia que a casa está nem uma cadeira há para a mente conversar
beijinhos

ONG ALERTA disse...

Pode até parecer vazia mas entra a maior energia do mundo o sol, basta sentir, paz.

On The Rocks disse...

nostálgico e cortante.

bj