4 de janeiro de 2010

A luz dos encantos teus





 










foi a teu lado que olhei por várias
vezes o céu enorme e estrelado e me senti acompanhado.

foi a teu lado que parti vidros e
gritei e depois adormeci sem saber como, encantado.

foi a teu lado, ao teu lado, em teu lado

que cresci e aprendi também a ser assim,
- pirilampo -
aquele que pelo escuro se vai iluminando.

Pedro Paixão

A Noiva Judia

Imagem: Narcis Virgiliu

23 comentários:

ONG ALERTA disse...

Foi do teu lado que aprendi que o amor existe de verdade apesar da distância de hoje, muita paz...

Dil Santos disse...

Oi Inês, tudo bem querida?
Nossa q lindo e verdadeiro, pois é ao lado do ser amado que aprendemos muitas coisas na vida.

Bjos querida
:)

Pelos caminhos da vida. disse...

Feliz 2010!

Obrigada pelo seu carinho.

beijooo.

Nanda Assis disse...

qnta doçura nestas palavras.

bjosss...

Do Jeito Que Eu Sou disse...

Ines, minha doce e querida Ines...q saudade de vir aqui logada pra poder comentar...rs..sempre to aqui viu, anonimamente, lendo e sem palavras mas com o coraçao cheio de ternura. como eu gosto de suas aguas Ines, como me tranquiliza, é tao suave, encanta mesmo. Vim te desejar feliz 2010, saude querida, paz e muito amor.
como sempre a postagem é perfeita, e o casamento com a imagem entao fala por si. Que bom Ines que aprendemos a ser pirilampo, hj com o ser amado ou sem ele eu vou iluminando por onde passo ao longo dessas noites escuras e interminaveis. O fim sim, mas o aprendizado...sou Pirilampo, pois cansei-me de quebrar vidros e gritar ate adormecer sem saber como.


grande carinho tenho por ti querida
Beijinhos com o carinho e admiraçao de sempre

˙·٠•● ѕεறிoτιvo ◦ disse...

Que lindas metáforas.
Tb és pirilampo, pois deixa o rastro de tua luz po onde passa.

Beijos

Ray

Caroline. disse...

Inês, que lindoooo *_________*
adorei =D
Beijão =*

Moonlight disse...

Olá Inês,

Feliz 2010!
Bela a sua escolha Pedro Paixão,como diz seu propio nome escreve com muita paixão e sentimento.
É sempre ao lado de alguem que aprendemos algo valioso...para o bem ou para o mal.

Bjinho cheio de luar

Kleiton - Simplesmente Ser disse...

Simplesmente lindo, parabens pela escolha do texto

bjs

líria porto disse...

lindo poema! delicado, terno, amoroso!

Hod disse...

Assim é que vejo o ano de 2010, ano da mulher, do amor, Ano de Vêsnus e dos diálogos intensos.

A escolha não traz dilemas. Ou corre-se em direção ao abraço que 2010 convida. Ou, deixar que seja um ano semmelhante a alguns interiores.!!!

Contente com sua visita e fragrâncias deliciosas que ficaram permeando minha atmosferas....

Beijo bem grande Inês,

Alôha abençoada!!

Hod.

IOLY disse...

Adorei, lindo afeto.
Otima semana .

UIFPW08 disse...

Não é possível ter o mundo
olhar estrangeiro
Praias de que os sonhos não podem vir.
Banhar meus olhos cansados
um ar de respiração que o céu
Eu tenho estendido as mãos.
Beijo meus
Maurizio

Pedro Gabriel disse...

Lindo poema.

Brigado pela visita e pelo comentário!

bjo,

A.S. disse...

Inês, um belo poema do Pedro Paixão!

Mas não apagues a luz dos pirilampos, para que eu atine com a tua direcção!!!

Beijos...
AL

Silvana Nunes .'. disse...

Salve o NOVO ANO !
Que ele seja de PAZ e de muita Saúde. E que estejamos juntos por mais um ano.
assim Seja !
Olá, como vai ? Estou aqui para divulgar um pouco da minha cultura, a história de nossos antepassados ( que amo muito e tenho receio que se perca em meio a essa enxurrada de informações que somos acometidos ultimamente) e, para isso, FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... começa o ano contando um pouco sobre esse espetáculo maravilhoso que é a FLOLIA DE REIS ou REISADO, comemorado no dia 6 de janeiro. Aqui eu também coloco as famosas simpatias das Romã, muito utilizada no dia 6 de janeiro para atrair dinheiro. Hoje eu escrevi sobre o aparecimento da primeira orquídea, uma belíssima lenda oriental.Venha conferir.
E para quem não conhece o meu espaço, convido a dar uma chegadinha até lá para conhecer o meu cantinho de histórias, o link está logo abaixo.
Que os bons ventos soprem a seu favor neste ano de 2010.
Saudações Florestais !
SIGA-ME em : http://www.silnunesprof.blogspot.com

Whispers disse...

Querida Inês!

Aprendimos o valor da vida ao lado de alguém, existe na nossa caminhada alguém que sempre será mais importante por cada passo que damos.
Ninguém entra na vida de ninguém por acaso, todos temos o nosso destino marcado.

Minha querida, tuas escolhas de poemas valem ouro.
Mil beijos nessa alma linda de Mulher
Rachel

Victor Oliveira Mateus disse...

Inês, como não fiquei seguro que o meu mail, de resposta ao teu, tivesse passado, vim aqui, não só ver a bela seleccção que sempre consegues, mas também para te desejar um BOM ANO de 2010... Infelizmente nem sempre tenho o tempo que desejava, mas crê-me com um grande GRANDE abraço de amizade.
V.

Lis. disse...

Olá Inês...

Já é de longa data que tenho lhe acompanhado nas postagens e foi no decorrer de todo esse tempo que a minha admiração por ti esteve em silêncio.

É fato sua maturidade literária, e junto acompanha seu fabuloso poder de pesquisa, que obviamente não há como existir sem intelectualidade.

Inteligência e senso lógico fazem parte da sua personalidade que é cativante...

Mesmo que em outra época afirmaste que o seu blog dois-rios continha uma certa impessoalidade, mesmo assim suas postagens fazem parte da pessoa inteligênte que é.

Confesso que fiquei sentido quando postaste que iria cruzar os remos referindo-se a interrupção deste blog que tanto tem sido precioso culturalmente a nós os desprovidos da capacidade de seleção que tens feito de tantos autores diversos, e que só nos acrescenta.

Foi por intermédio de várias das suas postagens que tive muitas das inspirações que me levaram a um patamar que poucos mortais neste Brasil alcançam.

E todo esse "universo" faz parte de ti, pois há uma sequência de sentimento ligando a vasta malha de todos os pensamentos que foi escolhido na composição deste seu lindo blog.

Não deixei nada mentiroso ao citar a poesia de Germana Facundo no comentário anterior, pois verdade é algo que também sentimos.

As vezes ficamos tristes com pessoas que partem e amamos, mas o amor não tem a necessidade de ser condicional-mente. Em verdade, amor algum pode ter tendencionismos. Vontade própria.

Decidi fazer esse comentário aqui, neste espaço, neste momento, por entender que muitas vezes nós mesmos não enxergamos a beleza que nos rodeia, porque nem todos são capazes ou nasceram predispostos com a sensibilidade para tal.

Para ilustrar ainda mais o que lhe digo, cito abaixo um pequeno texto concernente ao poeta Olavo Bilac:

O dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac,
abordou-o na rua:

- Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o senhor tão bem conhece. Será que o senhor poderia redigir o anúncio para o jornal? Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu.

'Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeirão. A casa banhada pelo sol nascente oferece a sombra tranqüila das tardes, na varanda'.

Meses depois, topa o poeta com o homem e pergunta-lhe se havia vendido o sítio.

- Nem penso mais nisso - disse-lhe o homem. - Quando li o anúncio é que percebi a maravilha que tinha!


Demagogia é palavra que não cabe aqui, ou em qualquer outro lugar, quando mencionamos quem tem amor em si, a ponto de trabalhar com carinho em prol daquilo que ama.

Sempre haverá em tudo, um por que do quê, e nem sempre pessoas tem a capacidade de notar a beleza que envolve a natureza de outrém, por não terem ou por não conseguirem perceber a própria existência.


QUE DEUS TE ABENÇÕE, INÊS.

Barbara disse...

Tá bonito demais isso , dessa paixão, dessa ternura, da figura, das figuras usadas pelo poeta.
Bom você dividir e apareça sempre!

poetaeusou . . . disse...

*
procurar
a luz dos teus encantos,
é a razão da minha visita !
,
conchinhas,
,
*

~pi disse...

gritar

assim como

partir os vidros

e part ir

[ pirilampar,



beijo, inês,



~

Balbicas disse...

Inês,

Descobri-te no teu comentário no 'GatoPingado'. E o que descobri! Um doçe, um prazer, um bem para a alma, um mimo que se vem buscar e nos amacia.

Obrigada e por favor não pares!
Ana Pereira