20 de agosto de 2008

Para sempre nunca mais



Regressamos sempre aos velhos lugares onde amámos a vida. E só então compreendemos que não voltarão jamais todas as coisas que nos foram queridas. O amor é simples, e a vida devora as coisas simples.


José Eduardo Agualusa
O Ano em que Zumbi Tomou o Rio



31 comentários:

~pi disse...

o amor é simples

repetiu

em eCo infinitO

a criança

que vive

dentro de

mim




~

Pelos caminhos da vida. disse...

Vida com seus:

altos...

baixos...

uns vem...

outros vão...


otimo dia pra vc.



beijooo.

ki-colado disse...

É bom saber que havia vida ali, naquele passado. É como se fosse possivel ver as lembranças.

Bom, e lembrei-me de um filme...
"Nunca te Vi Sempre Te Amei"

Saudações.

Carol disse...

Que Lindo!
Bom dia!
Bjos!

Diva disse...

Grande Agualusa.Adorei reler.
Bjs meus

Thefy disse...

Amo as coisas simples da vida, nos torna únicos...
Tem presentinho pra ti flor..
Bjokas

paula barros disse...

Na ânsia de revivermos as mesmas emoções, voltamos em lugares, ou queremos retomar relacionamentos e o que passou, passou. José Eduardo definiu muito bem.
abraços

Camila disse...

Não conheço o autor... mas adorei os versos!
Beijo!

Do Jeito Que Eu Sou disse...

o tempo é um justiceiro... ainda que nos impeça de voltar no passado e reviver historias, ele nos da folhas em branco para que a cada dia possamos compor novos versos, novas rimas, nova historia. é entao que o passado vira saudade, lembranças daquilo que jamais viveremos igual, mas quem sabe viveremos ainda melhor.

grande bju Ines......obrigada pelo carinho das suas visitas, tb amo repousar meu barquinho sobre seus rios

CATARINA POETA disse...

Viver ultrapassa qualquer entendimento. Beijinho!

João da Silva disse...

Nossa, eu não sei se é mais lindo ou se é mais triste. Ou talvez seja tão mais lindo quanto mais triste, e vice-versa.
Este blogue é uma relíquia a ser guardada, pois a combinação perfeita entre palavras e imagens é de nos deixar embasbacados.
Beijos!
Contigo,
João

Momentos disse...

Gostoso...É o que fica!!
Inesquecíveis...lembranças!!

Carinho!

Sha disse...

Lindas palavras, mas discordo.

Eu quando volto aos lugares onde amei a vida, sinto que não deixei de amá-la. E percebo que as coisas que já me foram queridas não voltam... porque ficaram, sempre cá estiveram.

Beijinho
Sha

tempoparaamar disse...

Belo texto e a imagem linda também, e sim poderemos voltar pelos mesmos lugares mas a vida por vezes altera tudo...
Beijos de luz
Salomé

lurdeskida disse...

Olá vim dar com o seu blog através do blog da nossa amiga Pipinha,gostei muito do seu comentário e vim espreitar,espero que não se incomode...gostei muito do blog e do seu conteúdo principalmente a postagem pedaço de mim.Falta-nos sempre um pedaço de algo,não é?Seja o que for...nunca estamos completos pelo menos não como gostariamos..ou queríamos,mas enfim a vida é assim mesmo...com muitos pedaços de falta e, temos de continuar...a vida continua.Vou linkar seu blog no meu que por acaso...só por acaso se chama-Pedaços de mim!!!
Visite-me se quiser será muito bem vindo!Beijinho grande

ROSA E OLIVIER disse...

"eu te amo, perdoa-me, eu te amo."...!?...para ti...

Aliny disse...

oie kerida amiguinha Inês
(:-... (:-...
xodadessssss do meu bizavô
Lindo e triste (:-...
Triste e lindo
a imagem afff
vc caprichou heimmmmmm
Bjinhux no seu core
www.menina_virtude.blogger.com.br

......... disse...

amiguinha vc tb conheceu
o meu bizavô?
e a casa dele tb?
nuxaaaa a imagem eh
igualzinha a casa dele
cheio de florzinhas
(:-...
mtss xodadesss

pin gente disse...

enquanto me lembrar do meu amor vou procurá-lo
apenas para saber se vive, se é feliz
esteja onde estiver hei-de emcontrá-lo
o coração bate no meu peito só de pensar o que ele diz

encontrá-lo doce é o meu maior prazer
amante na felicidade que a vida lhe entregou
de alegria transbordando para se ver
e sentir o bom do tempo que por ele passou



um abraço
luisa

Su disse...

devora..............


(quieta, eu..........aqui)





jocas maradas......sempre

Nanda Assis. disse...

linda vc, e seus poemas. realmente as coisas simples guardão tanto amor, pq o amor é simples. pena que as "outras coisas" apagam este brilho.
bjosss...

Monique Lôbo disse...

Hoje me peguei pensando nisso,de como voltamos a momentos que nos fizeram bem,como tudo passou rápido,lembrei de alguns momentos que foram maravilhosos pra mim,e como foi tão veloz,foi só um piscar e tudo passou,e agora fico aqui lembrando,lembrando.
Lindo poema!!!
Bjusssss

Ariana disse...

O amor é simples, pórem complicado!rs

Beijo

Zek disse...

o amor é devorado pela vida? prefiro nao ouvir a resposta.

Milla disse...

Nossa... (não sei quantas vezes já comecei um comentário aqui com "nossa"..rs)...
Mas esse trecho é ótimo. A vida realmente apaga as coisas simples. E é na simplicidade que está a felicidade... Talvez por isso hoje em dia seja tão difícil encontrar alguem que se considere 100% feliz.

Bjs!!

Nadezhda disse...

Simples e lindo!

Mas ainda acho que a vida que é simples, e o amor devora as coisas simples ;)

Ana disse...

Não se deve voltar nunca aos lugares onde fomos felizes. Que fiquem guardados apenas na memória e serão eternos.
Um beijo, Inês.

Shakti disse...

Bela mensagem passada !!

Bjs

D. disse...

Tem um vôo pra você no D.

Cadinho RoCo disse...

Mas a vida tanto devora quanto renova as coisas simples, bem como acontece com o amor que lá na essência do seu existir é de simplicidade enorme.
Cadnho RoCo

Thiago Ya'agob disse...

Bom dia, Inês!
Desculpe minha ausência, mas já retomei a nossa rotina tão inovadora.

Não gostei desse texto. (risos).

Acho que você pode perceber o motivo.

Mas mesmo eu não gostando, o texto continua possuindo seu valor.

E é isso que faz a diferença: O poder da escrita.

Beijos, querida.