10 de julho de 2008

Brincando com a ilusão









  




Faz–de-conta que o tempo é uma varanda
voltado para um pátio circular:
faz-de-conta que em canto de ciranda
regressamos ao cais de regressar.

Faz-de-conta, nas águas do destino,
um aquário de luas nos espera:
faz-de-conta que um canto repentino
traz de volta uma antiga primavera.

Faz-de-conta que esta contradança
nas varandas do nosso coração
reacende os sóis de antigamente:

Faz-de-conta que os rios da lembrança
reacendem a flama da canção
neste pátio-passado – tão presente.

Maria de Lourdes Hortas
Canção para reinventar um tempo antigo




Imagem: Vinc Vincenty


20 comentários:

Diva disse...

Faz de conta que viver nao doi...
Bjs meus

NAELA disse...

Faz de conta que na janela da vida dois maravilhosos mundos se abrem!
Lindo adorei;)
Beijo doce

Maldito disse...

Reinventar o tempo antigo,...foi uma das melhores frases que li nesses ultimos meses, parece titulo de um livro que eu gostaria de ler se existidde,...

Parabens pelo blog!
Inté!

Ritinha disse...

Está lindo *.*
beijinhos.

Thiago Ya'agob disse...

Bom dia!
Escrevo para agradecere tão carinhosas e "elogiosas" palavras em relação aos meus "posts".

Faço minhas suas palavras em relação ao seu "cantinho". É sempre bom vir até aqui.

Clarice disse que queria uma VERDADE INVENTADA. Talvez eu tenha ansiado o mesmo. Um faz-de-conta meu. Da minha forma, do meu modo; sem o impossível.

Não sei se o que vivi foi invenção minha, mas se foi, foi a melhor criação que fiz.

Um grande abraço! Tenha uma ótima tarde de quinta-feira.

....


Ah! Gostaria de saber seu nome.

...

Gostaria também de saber, como faço para colocar uma música no meu Blog.
Entrei no boomp3 e "uplei" a canção, só que não sei como agregá-la ao meu "layout".

Podes me ajudar?

...

Desde já agradeço a atenção sempre oferecida a mim.

...

Shalom!

elisabete fialho disse...

Neste palco de vida
Fazer de conta faz parte
Escrever coisas bonitas
É sempre uma arte

Não sendo o meu forte
Não resisti à vontade
Fazer parte de uma escrita
Repleta de porte.

Foi apenas uma tentativa nada mais do que isso eheheh.
Gosto deste trabalho, está bem conseguido.
Obrigado pela visita
Um abraço

Cila & Di disse...

Muito bonito :)
Obrigado pelas visitas ao meu canto!
Beijo

Digo Sim disse...

Sim, faz de conta...me tocou!

Digo Sim disse...

duas páginas de comentários? Sim, faz de conta.Tocou-me!

Sininho disse...

Faz de conta que me apaixonei
E abri asas ao tempo
=)

Lindissimo!

Um carinho*

Ana Baldner disse...

Faz de conta... sempre temos que fazer de conta para ter um pouquinho de felicidade...

belo texto

bjs

mdsol disse...

Bonitas palavras. Com um ganho extra para mim, não conhecia a autora! A música sempre um must!
:)

Shakti disse...

Faz de conta...
Aquilo que a maior parte da humanidade anda a fazer neste mundo...

Gostei muito de aqui aparecer...de certeza que aparecerei novamente !!

Bjs

Mysterious Ways disse...

pátio-passado tão presente ...

lindo texto !

Ana disse...

É tão fantástico o mundo do faz-de-conta, não é?

Bons passeios por esse fabuloso mundo!

Beautiful Stranger disse...

vamos brincar, olhe as imagens com 'outros' olhos, perceba os detalhes, valorize cores formas; 'fantaziar' a realidade; será tudo mais simples...

:D
http://strangerbeautiful.blogspot.com/

Nina disse...

lindíssimo texto.
aliás, como sempre.
bjs!

Só Eu disse...

Lindo este faz de conta.
Escolha cuidado deste texto. Adorei
Beijinhos

della-porther disse...

aqui...navego com prazer.

beijos

della

Dois Rios disse...

Diva,
Faz de conta que assim é.
Beijo,
---
Naela,
Sonhar é preciso.
Beijos,
---
Maldito,
Palavras bem ditas (perdoe-me o trocadilho).
Bj.
---
Ritinha,
Obrigada e um beijo.
---
Thiago,
Inventar uma verdade é vive-la.
Vc recebeu meu e-mail?
Beijo,
---
Elisabete,
Gostei da sua visita. Gostei dos versos. Gostei do seu gostar.
Beijo,
---
Cila & Di,
Gentilezas trocadas.
Beijos,
---
Digo sim
Encanto de palavras.
Beijos ternos,
---
Sininho,
Voe então! A vida a espera.
Beijinhos,
---
Ana Baldner,
O faz de conta é quase um sonhar, e sonhar acalenta.
Beijo,
---
Mdsol,
Também sempre ganho com a suas palavras de embalar.
Bj.
---
Shakti,
Dura realidade.
Grata pela visita.
Beijo,
---
Mysterious Ways,
Lindamente melancólico.
Beijo,
---
Ana,
Em certos casos fazer de conta apazigua a dor.
Beijo,
---
Beautiful Stranger,
Brincar, perceber, valorizar, fantasiar. Que assim seja! “Quero a delícia de poder sentir as coisas mais simples.” Manuel Bandeira.
Beijos meus,
---
Nina,
Obrigada.
Beijos de sempre.
---
Só eu,
Realmente é um faz de conta lindamente poético.
Beijo,
---
Della-Porther,
E o meu prazer é redobrado em navegar pelos carinhos de vocês.
Beijinho,