26 de julho de 2008

Meia vida inteira






















A vida inteira esperei por
alguém como tu

Mesmo sabendo que não sei como és

E mesmo que
ainda não se tenha passado
a vida inteira.

Jorge Reis-Sá



Imagem: Claude Tenot

 

28 comentários:

TANTA POESIA disse...

Esperas não são esperanças, são lacunas, vazios. Para tudo, há que se ter coragem.

Nanda Assis. disse...

olha, vc definitivamente sabe o que postar, sabe como emocionar.
bjosss...

Shakti disse...

Que emoções fortes para aqui andam...

bjs

Vieira Calado disse...

O imaginário, o sonho não se sabe em quê.
Bom fim de semana.
Um braço

Santhiago Ramirez disse...

Os cálculos matemáticos são tão imprecisos, quando se trata de vida. O tempo biológico ora é cronológico, ora não; o tempo emocional é o oposto da cronologia, e vive, talvez, numa outra dimensão. Na alma há pelo menos quatro metades, cinco terços e... 150% de esperança.
Beijos, beijos carinhosos

Ana Diniz disse...

Posso sentir que, mesmo encontrando um grande amor, ainda existe uma busca. É estranho, mas o grande amor está em nós, e buscamos no outro. Às vezes o encontramos. Como é bom sentir aquele frio na espinha, não mesmo? Este estágio é muito gostoso - então queremos parar no tempo.

Só nós escolhemos o destino. E pra onde vamos. Os caminhos estão à disposição dos sentidos... Os amores estão aí, bem perto. Nós que somos cegos. Se abrirmos os olhos, ficamos perdidos ou embarcamos numa intensa paixão.

Não é fácil, mas é impossível viver sem amar.

Grande bjo, querida.
Um bom sábado.

Boca no Trombone disse...

A vida como sempre é uma constante espera. Mas, como diz o ditado popular 'quem espera sempre alcança'. Bj

Su disse...

...sempre....todo o tempo ....


jocas maradas

O Equilibrador de Pratos disse...

Gosto dos poemas, parecem com o estilo do poeta Mario Quintana. Belos textos.
Hannibal

O Equilibrador de Pratos -
O que os homens pensam?
Relacionamentos. Teorias. Discussões. Comentários. Mulheres. Sexo. E pratos equilibrados em varinhas. Bem-vindo à vida real.

3 amigos (B. Sacamano, Hannibal e Jurandir, pseudônimos, claro) que resolveram fazer um blog tratando de assuntos que abordam o "Universo Homem + Mulher = Relacionamentos". Retrata todos assuntos citados acima, com textos bem escritos, humorados, ácidos, sarcásticos, irônicos e, sinceros ao extremo. Vale dar uma conferida. E que atire a primeira pedra quem não se identificar com algo.

Blog: www.oequilibradordepratos.blogspot.com
E-mail: oequilibradordepratos@hotmail.com
MSN: oequilibradordepratos@hotmail.com

PS: por que o nome "O Equilibrador de Pratos"? Entre no blog e descubra. Será um "soco no rim". No bom sentido, é claro.

Só Eu disse...

Texto lindissimo. Óptim escolha.
Parabens.
Bom fim de semana
Beijinhos

Ariana disse...

Emocionante!

Belo blog o seu!
Adorei!

Beijo

Sininho disse...

Partilhando em silêncio, eu espero a vida inteira pelo segredo!

Seja do rio, do vento, de um olhar, de um amor
sempre vale a pena a espera
por minutos, segundos, dias ou horas
quando no fim encontramos a nossa alma!

Um carinho*

Thiago Ya'agob disse...

Boa noite, Inês!
...
Saudades.
...
Não sei se tenho esperança, mas espero.
Já vivi arraigado em esperanças, hoje, não sei o que fazer com o que vivi.
Mas estou esperando. Esperando por sentimentos que nem sei ao certo se existem.
Como o guarda que vigia espera pelo amanhecer; eu continuo esperando.

...

Nadezhda disse...

Espero por alguém que não sei bem quem é também.

A imagem é tão bonita ;)

Momentos disse...

Encontrou?
O quê buscas?
Esperas o quê?
Faltou o quê?

Beijinhos!!!

Sei que existes disse...

Não sei se eu esperava tanto... ou se simplesmente viveria...
Beijocas grandes

acutilante - frank verlag disse...

De "passagem". Gostei das escolhas poéticas.

Bill Stein Husenbar disse...

A espera por alguém é desesperante, ainda mais quando não sabemos a hora desse momento. Mas quem ama, espera nem que seja eternamente...

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Nido. disse...

Manhã fria de domingo e eu aqui, diante desta poesia...

Sinto-me ainda mais pleno!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amiga, belíssima postagem... Sublime!
Bom Domingo... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

mdsol disse...

Excelentes palavras! Sávias palavras!
Redentoras palavras!
beijos
:)

ivone disse...

sempre se espera...
...e desespera

' Ciih ϟ disse...

Que texto lindo! Realmente, o amor é inexplicável,é a melhor sensação do mundo!

Delfim peixoto disse...

Não conhecia esse poema ... fiquei maravilhado pela singeleza mas um conteúdo gigante
bjs

ROSA E OLIVIER disse...

"La del Romancero,
Córdoba la llana!...
Guadalquivir hace vega,
el campo relincha y brama."

António Machado, nasc. 26/7/1875, Sevilla...para ti...

Teresa disse...

Gostei do poema ligado à imagem escolhida. Gosto de imagens poéticas. Tem mt bom gosto, parabéns!!! *conheço o poeta pessoalmente.

Pelos caminhos da vida. disse...

Belo texto...


beijooo.

Xinha disse...

Simples e tão carregado de sentimento!!

eu também esperei uma meia vida por alguém, que não sei quem é, mas pelo qual esperarei a outra metade....


Xi-coração