23 de julho de 2008

Primavera distante




 










A primavera chegará,
mesmo que ninguém mais saiba o seu nome,
nem acredite no calendário,
nem possua um jardim para recebê-la.


Cecília Meireles

Primavera

(Texto extraído do livro Cecília Meireles - Obra em Prosa - Vol.1)


Imagem: Pete Turnes/Gettyimages


30 comentários:

CATARINA POETA disse...

Podemos ter sempre uma primavera em nossos corações. Basta ter inspiração. Beijo!

Nanda Assis. disse...

linda imagem. realmente a beleza esta concentrada na primavera. mas eu, particularmente, tbm adoro esse friozinho de inverno.
bjossss...

Thiago Ya'agob disse...

Foge o nome de quem escreveu "O inimigo pode levar uma flor, mas jamais, a primavera" - Se não me engano foi Che Guevara.

O Inverno de 2007 na minha vida foi muito frio. Muito mesmo. O de 2008 está sendo mais ameno. (Em breve postarei algo sobre o Inverno de 2007) :D

Thiago Ya'agob disse...

Olá, Inês! Não toco piano. É uma pena. Quando menor, tentei aprender, mas não deu certo. Fiz conservatório de música, mas toco Flauta Transversal. Estudei bastante música, mas as "Letras" foram mais fortes - faço Letras - Português/Espanhol.

A música que está no meu blog - A Hora do Salvador - é da minha banda gospel predileta, Voz da Verdade. Acho a letra e a melodia linda.
Retirei a versão de piano do youtube, mas não sei quem é o Pianista que está tocando.

...

Tenha um bom dia!

Ana Baldner disse...

Estou tentando plantar a primavera no meu coração... mas as vezes é tão dificilllllllllllll

mas vou conseguir...

bjs

Three Love's disse...

lindo;]
parabéns pela escolha,

infelizmente há muitos que não sabem mais o que é primavera; mas é bom saber que, mesmo assim, ela chegará!

b.e.i.j.o.s.

é uma honra ter vc lá no Three Love´s; amei sua sugestão à Louise, realmente "prazer não se adia".

Santhiago Ramirez disse...

Cecília é tão intensa, e você também.
Beijos carinhosos

O Profeta disse...

Tu és a luz que anuncia a primavera...


Doce beijo

Momentos disse...

Primavera...
Vida para os corações!
Muito lindo...
Tudo aquí!

Beijinho!

Maldito disse...

Me lembrei da musica "Primavera" do Tim MAia,...
Muito bom

Mantenha Contato!

Zek disse...

Me lembrou Che " Podem arrancar uma ou mais flores, porém jamais deterão a primavera".

Nina disse...

Quando o inverno insistir em se manter em você, e trouxer chuva ou dias nublados, lembre-se sempre que acima delas, o sol reina soberano. Sempre depende da altura que vc enxerga. :)
beijos flor, lindo dia pra ti!

~pi disse...

a primavera

vem:

vem a primavera:

longa de

resto s



~

Aliny disse...

Oie amiguinha tdb? q texto belissimo .. me emocionei ao ler..tem um texto acho q eh de Cecilia q diz +/- assim .. era tempo de guerra e ela via flores de sua janela mas ninguem via.. eu nao lembro direito do texto p escrever mas lembro q me emocionei mt ao ler.. obg por compartilhar .. Bjinhux no seu coração....

Antunes Ferreira disse...

LISBOA - PORTUGAL

Olá!

Cheguei a este blogue através de outros que costumo visitar e neles postar comentários. Cheguei, vi e… gostei. Está bem feito, está comunicativo, está agradável, está bonito – e está bem escrito. Esta é uma deformação profissional de um jornalista e dizem que escritor a caminho dos 67…, mas que continua bem-disposto, alegre, piadista, gozão, e – vivo.

Só uma anotaçãozinha: Durante 16 anos trabalhei no Diário de Notícias, o mais importante de Portugal, onde cheguei a Chefe da Redacção – sem motivo justificativo… pelo menos que eu desse com isso… E acabo de publicar – vejam lá para o que me deu a «provecta» idade… - o me(a)u primeiro livro de ficção «Morte na Picada», contos da guerra colonial em Angola (1966/68) em que bem contra vontade, infelizmente participei como oficial miliciano.

Muito prazer me darás se quiseres visitar o meu blogue e nele deixar comentários. E enviar-me colaboração. Basta um imeile / imilio (criações minhas e preciosas…) e já está. E se o quiseres divulgar a Amiga(o)s, ainda melhor. Tanto o blogue, como o imeile, tá? Muito obrigado

www.travessadoferreira.blogspot.com
ferreihenrique@gmail.com

Estou a implementar e desenvolver o projecto que tenho para o meu www.travessadoferreira.blogspot.com e que é conferir ao meu/vosso/NOSSO blogue a característica de PONTO DE ENCONTRO entre os Países fraternalmente ligados – Portugal e Brasil. No que estou, pela minha parte, a desenvolver todas as diligências que, naturalmente, me forem possíveis.
E, naturalmente também, para poder enviar-te «coisas» que ache interessantes. Se, porém, não as quiseres, diz-me que eu paro logo. Sou muito bem-mandado (a minha mulher que o diga…) e muito obediente (cf. parênteses anterior).
Já solicitei a colaboração da Embaixada de Portugal em Brasília, que tem à frente dela um diplomata fora de série, o meu querido Amigo, Dr. Francisco Seixas da Costa e na qual se integram mis dois bons Amigos de longos nos: o Adriano Jordão e o Carlos Fino. Seixas da Costa criou um blogue magnífico Embaixada de Portugal no Brasil, www.embaixada-portugal-brasil.blogspot.com, que vos recomendo vivamente visitar. Tem tudo sobre as relações entre as duas Nações. E já fiz o mesmo aqui em Lisboa. Espero receber resposta da Embaixada brasileira.
Este é um desejo que já ultrapassa a simples intenção. Felizmente, neste momento possui muitos comparticipantes – como desejo que seja o teu caso. Mas, com o empenhamento, a ajuda, o entusiasmo e a alegria que tenho encontrado – iremos longe. A internet (apesar dos aspectos negativos que ainda apresenta) tem uma força incomensurável e desenvolvimento tecnológico que se actualiza dia a dia.
Abrações e queijinhos, convenientemente repartidos e distribuídos

PS 1 – Quando navegarmos em velocidade de cruzeiro, quero alargar o Travessa aos outros PALOP. Que achas?
PS 2 – Desculpa por este comentário ser tão comprido e chato. Como a espada do D. Afonso Henriques…

+++++++++++++++++

Adoro a Cecília. É uma das Maiores na Língua Portuguesa. E nunca me esqueço do que escreveu Virgilio Ferreira: «Da minha Língua vê-se o mar». Por isso, gosto tanto da obra desta enorme Poetisa (com caixa alta).

São estas coisas que me levam a concretizar o projecto que antes apresentei. Espero por ti na Travessa...

Shakti disse...

Que imagem maravilhosa para um texto belo...

bjs

Thiago Ya'agob disse...

Boa tarde, Inês.

Vou seguir teu conselho, e assim que eu puder, gravarei uma música tocando flauta.

...

Lindo o poema que deixastes em meu blog de Roberto Juarroz no meu texto Novas Palavras. Gostei muito.

...

Tenha um ótimo final de tarde, e que a lua de hoje traga luz ao teu ser.

...

Shalom.

Nina disse...

Que bom que, de alguma forma, pude fazer seu dia um pouquinho melhor. Beijos mil, e muita luz! =*

mdsol disse...

Tanta esperança boa nas palavras e na fotografia tão bonitas...
Bom e depois há sempre a música...
É bom vir aqui.
:))

mundo azul disse...

Cecilia Meireles...Grande poetisa! Que bom você trazê-la...
Uma imagem linda!

Beijos de luz e o meu carinho...

Milla disse...

Espero que ela chegue, então, pra amenizar qualquer chuva de inverno...
A propósito, tenho que comentar... Eu não conhecia Giovanni Marradi... Fiz umas pesquisas e simplesmente adorei! Faz um belo par com Yann Tiersen! =)

Bjs!!!

~*Raíssa Sant'Anna*~ disse...

A primavera às vezes parece não existir mais... Mas sempre volta.
Adoro a Cecília...

Grande beijo

paula barros disse...

Lindo o seu comentário lá no blog, gostei muito.

As vezes temos invernos mais intensos, com trovoadas, tempo fechado. Mas quando a primavera surge, ou o verão, o sol, a brisa, o cheiro das flores iluminam o nosso sentir. Alegram a alma.

Mas mesmo no inverno, sabemos que o sol está guardado dentro de nós, e que as flores de outras primaveras deixaram a essência no nosso ser.

abraços

Maicom disse...

...Sempre haverá o começo ou a chegada de alguma coisa que queremos! E sempre estaremos em busca da felicidade. É! Aquele papo patético sobre felicidade, sabe? Tudo está ligado a ela, TUDO: a primavera, o verão, o outono e até mesmo o inverno!

Abração.

Nadezhda disse...

Gostaria mesmo que o inverno continuasse. O de fora..
Mas dentro, o meu está se prolongando também ;)

Só Eu disse...

E quando a Primavera é pintada de azul, como na belissima foto que colocaste no post, é impossivel não se dar por ela.
Espero que esse Inverno que teima em prolongar-se em ti seja transformado em "calorosas" manhas de Inverno onde as horas passam devagar ao som do crepitar dos troncos acesos na lareira da alma.
Beijinhos

Pelos caminhos da vida. disse...

OlÁ!

Voltei...

Amo a primavera.


beijooo.

Victor Oliveira Mateus disse...

Convém estarmos atentos... nem sempre "ela" vem sob a mesma forma.
Saber reconhecê-"la" no meio do
turbilhão é hoje coisa difícil, mas
possível...
Um beijo

Teresa disse...

Obrigada por passar no meu blog de forma tão carinhosa. Foi mt bom encontrar a sua poesia e imagens de bom gosto e profundidade.
Adorei o Rio...
Um abraço de Portugal
Te

João da Silva disse...

Tantos elogios quantos eu lhos faça, querida, terão sido poucos. A sua sensibilidade me faz lembrar o Inês(quecível) som dum Stradvarius. Quando o arco lhe resvala as cordas, as lágrimas me vêm aos olhos aos borbotões, perlam-me o rosto e... não sei explicar.
Beijos! Muitos!