22 de julho de 2008

Quando choro
















quando choro
todos os rios do mundo chovem no meu corpo
todos os amores represados desaguam no meu corpo
todos os amanheceres me anoitecem no olhar

por isso
aqui fico
navio soterrado na margem

assim
de braços calados.

sem lágrimas.


Jorge Casimiro
Murmúrios Ventos


17 comentários:

Dunia Remaja disse...

Good!!

Ana Baldner disse...

nossa que forte... muito bonito... bjs

Aliny disse...

Nuxaaaaaa....... d++++++[
amiguinha uma semana xuper iluminada..Bjinhux

Aliny disse...

...... desculpa me atrapalhei aki ...... e foi dois

Baby disse...

"Por isso
aqui fico
navio soterrado na margem

assim
de braços calados,

sem lágrimas."

Agora sou eu que digo: hoje sinto-me assim...
Parabéns pela tua escolha, também!

Porque será que os poetas inventam as palavras que nós soletramos em silêncio?

Beijinhos

Thefy disse...

Gostei do conselho..deixar a taça transbordar..rs
E sabe que vou fazer isso mesmo!!!
Esse medo vai morrer, ah se vai..rs
Bjokas flor

Three Love's disse...

lindo poema,
bela imagem;

eu simplesmente adoro esse seu lugar;

b.e.i.j.o.s.

Bill Stein Husenbar disse...

LIndissimo.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

mdsol disse...

chorar pode fazer muito bem...e pode ser muito libertador deixar cair as lágrimas!

:)

' Ciih ϟ disse...

Que lindo ! Confesso que choro muito, mas minhas risadas compensam :)

Santhiago Ramirez disse...

Lindo, lindo, lindo, lindo. Dá vontade de rir e chorar ao mesmo tempo.
Beijos

Ana disse...

De braços calados se fica, perante a força das palavras do poema.
Um beijo.

Confissões de Um Ego disse...

bem obrigado pela visita e espero que nao se importe pois teu blog agora ta nas minhas indicaçoes

Ynot Nosirrah disse...

Eu é que não queria um sujeito como ele prá presidente do nosso país. Ele já passou tempo demais no poder. Quem está ganhando com isso? Só porque a Venezuela é um país que enriquece às custas de petróleo, não quer dizer que todo mundo lá seja rico, não é? O que mais me chama a atenção naquele país é que as mulheres são lindas.

Menina Bonita. disse...

Lindo e forte o poema.
Andando entre os blogs achei o seu e estou encantada ;)
Poesias e Poetas maravilhosos!


Beijos ;*

Tatá disse...

Muito lindo o poema, mas eu não me conformaria em ficar na margem sem uma lágrima sequer.

Beijos

Momentos disse...

CHORA NOSSOS....
C O R A Ç Õ E S !!!!

C A R I N H O...
A N G E L !