15 de julho de 2008

Promete-me


 














Promete-me que amanhã virá a lua e que,
na imensidão da noite iluminada,
cantaremos o mar um para o outro.

promete-me que no fim terei existido.

Vasco Gato

Google Imagens
(desconheço a autoria)

23 comentários:

Ana Baldner disse...

Lindos versos, a lua me encanta... ainda mais quando ela deixa aquele rastro de luz no mar... acho lindo!!!!

deminina disse...

difícil a existência condicionada a outro ser...dolorido, mas muitas vezes é assim.

Iana disse...

Lindas palavras encantada fiquei...

A lua é linda e maravilhosa, a foto esta perfeita e calorosa a imagem cheia de amor a linda e perfeita Lua... e as perfeitas palavras escritas com emoção...

Beijos doces e deixo aqui pétalas de rosas frescas e perfumadas para perfumar sua semana

Iana!!!

Cila & Di disse...

Promete-me que amanhã estarás cá novamente para eu te ler?
Beijos

Renata Ap. Dias disse...

Realmente este blog é encantador, sensível, fico feliz de encontrá-lo! Venha comemorar comigo um ano de Blog...O meu é bem mais simples, mas na medida do possível vou acrescentando, Espero vc por lá!!!bjusss

Nanda Assis. disse...

aqui sempre é emocionante. cada palavra traz um sentimento bom.
bjossss...

Boa Noite Cinderela disse...

Lindo seu blog.
Eu tbm gosto de Bertolt Brecht.

Parabéns.

Márcia(clarinha) disse...

Que a promessa seja cumprida...
lindo dia flor
beijos

Renata Christina disse...

Versos que sempre encantam. Seu blog é um refúgio para mim. Bjs.

Nina disse...

Essa promessa é um verdadeiro pacto a ser estabelecido entre nossa alma ansiosa e nossa vida ciumentamente atribulada.

bjs!

Samira disse...

Ai, a lua... ♥ ... Tão simples e tão bela! Cheia de encantos e simplicidade... =]
E ainda inspira os românticos como o autor desse trecho aí...

Carlos disse...

Olá,

que maravilhosa empatia entre a lua e esta música tão suave e aconchegante.
a Lua trará o aconchego ás almas sedentas de amor....

:)

mdsol disse...

Que palavras tão bonitas!
Continua a ser um prazer passar por aqui!
:)

ivone disse...

promessas são promessas

há que as cumprir sim
senão não fazia sentido nenhum prometer

NAELA disse...

Simplesmente maravilhoso este prometer, o amor entre o mar e a Lua, versos que transmitem tanta serenidade, o infinito da vida;)
Beijo linda

instantes e momentos disse...

adoro voltar sempre aqui, gosto do teu blog. É bom de ler, de ver , de escutar, de sentir.
Gosto muito daqui. apareça sempre, um beijo
e uma boa noite
Maurizio

maria disse...

Que maravilhosa forma de existir!...
Beijo

Martinha disse...

Uma promessa de grande cumplicidade entre duas pessoas. São uns versos bonitos! :)
Beijo *

Nido: disse...

Por que a poesia nos proporciona a sensação de que o poeta a sopra em nossos ouvidos?

Belo Blog!

Duarte disse...

Gosto do poema.
A Lua é uma mentirosa, sempre amostra a cara oposta do que é.
A subtileza com que tratas os temas convida a voltar.

:)

Xinha disse...

Olá...
Doce são as tuas palavras, que a Lua te incentiva a escrever ...

Xi-coração

camille disse...

Adorei isso: promete-me qu eno fim terei existido.Acho que é tudo que se quer, ter existencia na vida dos que prezamos, no mundo.
Beijos,
Cam

JOICE WORM disse...

Pedindo desta maneira, quem diria que não??